s
Crédito: Efe Kurnaz/Unsplash

INTELIGÊNCIA ARTIFICIAL

Avanço da IA pressiona a governança de dados

Em particular, as empresas utilizarão a IA para oferecer uma melhor experiência ao cliente, bem como ajudar os funcionários a se tornarem melhores em seus empregos

Por Redação The Shift 09/09/2020

A Covid-19 encurtou a jornada para a IA, garante o Gartner. Até o final de 2024, 75% das organizações passarão da fase piloto para a operacionalização da tecnologia. Os gastos mundiais com inteligência artificial (IA) devem dobrar nos próximos anos, atingindo US$ 110 bilhões até 2024, comprovam novos dados do IDC. Em particular, as empresas utilizarão a IA para oferecer uma melhor experiência ao cliente, bem como ajudar os funcionários a se tornarem melhores em seus empregos.

Essa aceleração na adoção da tecnologia já começa a pressionar a governança de dados e analítica. Quarenta e dois por cento dos líderes de dados e análises não avaliam, medem ou monitoram sua governança de dados e análises, de acordo com uma pesquisa recente do Gartner. Aqueles que disseram ter medido sua atividade de governança focaram principalmente em atingir as metas orientadas para conformidade.

Liderar mudanças de cultura, desenvolver programas de alfabetização de dados e capacitar a equipe existente para construir uma equipe eficaz de dados e análise são tarefas para ontem. Assim como garantir a qualidade dos dados usados.

Receba grátis nossa newsletter

A Inteligência Aumentada, que pode fornecer aos executivos modelos sofisticados como base para a tomada de decisões de curto e longo prazo, está começando a ganhar força em vários setores.  Para inovar além de um mundo pós-Covid, os líderes exigem análise em velocidade e escala cada vez maiores. Para que não falhem, o Augmented Data Management (ADM) precisa estar presente.

Cientistas de dados gastam uma grande parte de seu tempo coletando e preparando dados, o que suprime a capacidade de sua eficácia e produtividade. Consequentemente, a automação com gerenciamento de dados aprimorado capacita os cientistas a desviar seus esforços para uma atividade de maior valor. As previsões apontam que o gerenciamento de dados aprimorado pode diminuir as tarefas manuais de gerenciamento de dados em até 45%.

Futuro do trabalho: como manter a cultura e o engajamento

Tendências

Futuro do trabalho: como manter a cultura e o engajamento

A evolução da experiência do trabalho em escritório para uma forma híbrida tem que passar por maneiras de engajar a equipe e preservar a cultura

Por Soraia Yoshida
Principais tendências empresariais em Inteligência Artificial para 2021

Inteligência Artificial

Principais tendências empresariais em Inteligência Artificial para 2...

As empresa estão aumentando os orçamentos de aprendizado de máquina, apesar de ainda não terem conseguido traduzir os investimentos crescentes em eficiência e escala

Por Redação The Shift
Indústria de vestuário tem pela frente transformação sustentável

Tendências

Indústria de vestuário tem pela frente transformação sustentável

Modelos circulares estão entre as principais tendências para o futuro da moda no mundo

Por Redação The Shift
Sua empresa contrata inovadores ou bons trabalhadores?

Tendências

Sua empresa contrata inovadores ou bons trabalhadores?

O perfil dos profissionais mais inovadores é de pessoas curiosas, que aceitam riscos, mas que querem ultrapassar barreiras

Por Soraia Yoshida
Redes neurais precisam dormir para evitar estresse

Inteligência Artificial

Redes neurais precisam dormir para evitar estresse

Redes neurais que imitam o cérebro biológico ficam instáveis após longos períodos de trabalho; ondas lentas ajudam o sistema a se estabilizar

Por Redação The Shift
DALL-E e CLIP: uma palavra pode gerar mil imagens

Inteligência Artificial

DALL-E e CLIP: uma palavra pode gerar mil imagens

Modelos de processamento da OpenAI são capazes de criar imagens a partir de textos e classificar imagens de um jeito que nunca se viu

Por Redação The Shift