s
Entre 15 e 20 de setembro de 2022, a rede de blockchain Ethereum promoverá "The Merge", a maior alteração no funcionamento da mineração e validação de suas moedas
TENDÊNCIAS

Vem aí a grande fusão do Ethereum

The Merge (ou A Fusão) não só vai mudar como a criptomoeda da plataforma é minerada e validada, como também reduzirá em 99,95% o consumo de energia para gerar e validar essas moedas

Por Silvia Bassi 20/08/2022

A maior e, provavelmente, a mais importante atualização de software da história da rede blockchain Ethereum está programada para acontecer em setembro, entre os dias 15 e 20. Chamada The Merge (ou A Fusão) ela não só vai mudar como o ether (ETH) - a criptomoeda da plataforma - é minerada e validada, como também vai reduzir em 99,95% o consumo de energia para gerar e validar essas moedas.

Em gestação há anos, como parte de um longo road map de upgrades que vai até 2024, a mudança deverá também aumentar a segurança e a velocidade das transações - itens fundamentais para ampliar o escopo da plataforma. O ETH hoje é a segunda criptomoeda mais valiosa do mundo (market cap acima de US$ 220 bilhões): hoje existem 121 milhões de ether em circulação. Portanto não é difícil entender porque o extremo cuidado nessa mudança.

Proposta em 2013 pelo programador russo-canadense Vitalik Buterin, a rede Ethereum entrou em funcionamento em 2015. A plataforma, como concebeu Buterin, vai além de ser uma rede blockchain para uma criptomoeda. A Ethereum foi projetada em um modelo Open para que os desenvolvedores pudessem criar aplicativos descentralizados (dapps) e tornou-se parte fundamental da DeFi, permitindo a criação de smart contracts e o nascimento dos NFTs, por exemplo.

Do que estamos falando afinal?

Este é um conteúdo exclusivo para assinantes.

Cadastre-se grátis para ler agora
e acesse 5 conteúdos por mês.

É assinante ou já tem senha? Faça login. Já recebe a newsletter? Ative seu acesso.

O poder da imuno-oncologia

Tendências

O poder da imuno-oncologia

Ao usar biotecnologia e biologia sintética para direcionar o sistema imunológico contra alvos específicos do câncer e com menos efeitos colaterais, a imuno-oncologia é um setor em expansão

Cuide da cibersegurança ao estruturar sua DAO

Tendências

Cuide da cibersegurança ao estruturar sua DAO

Não fazer isso dificultará a defesa de fundadores e desenvolvedores em demandas judiciais

Por Felipe Palhares *
Deep Learning pode ser o rei das estratégias de segmentação

Inteligência Artificial

Deep Learning pode ser o rei das estratégias de segmentação

Para isso, porém, precisará se firmar como a solução tecnológica perfeita para o futuro sem cookies

Pete Flint:

Entrevista

Pete Flint: "Leve sua empresa para as corredeiras"

Para o investidor de risco Pete Flint, general manager da NFX, as empresas tradicionais e startups precisam seguir os trechos de água rápida do mercado, porque lá estão as tendências de futuro

O que é CRISPR?

Tendências

O que é CRISPR?

A resposta simples? Uma tecnologia usada para editar genes e mudar o mundo! O CRISPR tem "impacto revolucionário nas ciências da vida", segundo o comitê do Prêmio Nobel, que concedeu às pesquisadoras o Nobel de Química, em 2020

O horizonte bilionário dos ecossistemas de canais

Tendências

O horizonte bilionário dos ecossistemas de canais

Segundo a empresa de pesquisas Canalys, é formado por 223 startups e empresas movimentaram US$ 3,9 bilhões em vendas de software, em 2021 e têm US$ 8,9 bilhões projetados para 2027