s
PRODUTIVIDADE

Indústria 4.0 no Brasil prioriza produtividade e sustentabilidade

Adoção de tecnologias da Indústria 4.0 está atrasada no Brasil, com apenas 40% das empresas com as competências necessárias

Por João Ortega 25/05/2021

Na economia digital, empresas reinventam produtos, serviços e modelos de negócio em redes complexas de colaboração e concorrência. Por trás dos ecossistemas digitais, estão tecnologias habilitadoras, cuja aplicação correta impulsiona produtividade e melhora a experiência dos consumidores. E, cada vez mais, a transformação digital dos negócios tem como prioridade a sustentabilidade empresarial.

A conexão entre todos estes temas é debatida no e-book “Negócios e Transformação Digital”, elaborado pela Fundação Dom Cabral (FDC) em parceria com a ABDI (Agência Brasileira de Desenvolvimento Industrial), o Cgee (Centro de Gestão e Estudos Estratégicos), Stefanini, TecBan e TOTVS. O material é a segunda parte do estudo As 100 questões mais relevantes sobre a economia que move as organizações e países, dividido em sete livros. O primeiro, lançado em abril, fala sobre a relação entre a geopolítica e a transformação digital.

A The Shift conversou com o professor Carlos Arruda, Gerente Executivo do Núcleo de Inovação e Empreendedorismo da FDC, sobre o lançamento. Na visão do especialista, a colaboração do ecossistema de tecnologia, tanto a nível nacional quanto internacional, está tornando as empresas brasileiras mais produtivas e sustentáveis - sem a necessidade de grandes investimentos em pesquisa e desenvolvimento. “As empresas usuárias de tecnologia não precisam investir em P&D, mas sim colaborar com empresas brasileiras e estrangeiras desenvolvedoras de aplicações de novas tecnologias digitais”, explica Arruda.

Este é um conteúdo exclusivo para assinantes.

Cadastre-se grátis para ler agora
e acesse 5 conteúdos por mês.

É assinante ou já tem senha? Faça login. Já recebe a newsletter? Ative seu acesso.

Quer inovar? Olhe para dentro

Inovação

Quer inovar? Olhe para dentro

Ao apostar no empreendedorismo interno, as empresas aproveitam o talento dos colaboradores e aumentam as chances de inovar de forma acelerada.

Previsões para o futuro da Inteligência Corporativa

Inteligência Artificial

Previsões para o futuro da Inteligência Corporativa

Saiba o que será preciso para estar bem posicionado e, de quebra, melhorar a resiliência digital, a agilidade e a inovação

PMEs e startups: parceria incrementa digitalização

Inovação

PMEs e startups: parceria incrementa digitalização

Com mais maturidade digital, as pequenas e médias empresas brasileiras podem beneficiar ainda mais a economia. As startups trazem as soluções para apoiar a digitalização

Você está aproveitando ao máximo o seu relacionamento com a IA?

Inteligência Artificial

Você está aproveitando ao máximo o seu relacionamento com a IA?

Para obter retornos da IA, organizações precisam de um relacionamento multidimensional com a tecnologia, que passa pelo valor individual do seu uso percebido por cada funcionário

Generative Tech, o novo Eldorado 

Inteligência Artificial

Generative Tech, o novo Eldorado 

A nova queridinha do Vale do Silício está varrendo os recursos dos Venture Capitalists e se desenvolvendo numa velocidade não prevista pelos analistas. Prepare-se para encarar uma tecnologia que nos levará muito além da IA generativa n...

Aparando as arestas do “Grande Desgaste”

Gestão

Aparando as arestas do “Grande Desgaste”

O quiet quitting e a Great Resignation seguem fazendo um estrago. Para atrair talentos, as empresas estão transformando o atrito em negociação. Mas há que ter estratégias