s
TENDÊNCIAS

Roadmap para tecnologias emergentes até 2023

Como determinar os investimentos certos em tecnologia? Quais tecnologias emergentes podem fornecer à sua empresa uma vantagem competitiva? Pesquisa do Gartner responde.

Nos últimos meses, o Gartner realizou um estudo com 437 lideranças globais de TI de grandes empresas e 400 de empresas de médio porte para compreender os planos de adoção, valor e percepções de risco de 111 tecnologias emergentes. Os  resultados estão compilados no estudo Emerging Technology Roadmap, que consolida os investimentos em 2021 e aponta as tendências até 2023.

Em todos os domínios de tecnologia, 58% dos entrevistados relataram um aumento ou a intenção de aumentar o investimento em tecnologias emergentes. Praticamente todas as tecnologias listadas estão nos planos de adoção nos próximos 18 meses.

A resiliência e a melhoria da infraestrutura crítica de TI foram prioritárias entre por profissionais de infraestrutura,  operações (I&O) e outras lideranças de TI em 2021, conforme a pesquisa. Muitas empresas priorizaram implantações de nuvem e investimentos em tecnologias de segurança. Em compensação, a maioria foi mais seletiva na adoção de tecnologias relacionadas à automação, levando à implantação cautelosa de várias tecnologias emergentes de automação de TI. De todas as tecnologias de automação analisadas, apenas 20% delas avançaram no ciclo de adoção desde o ano passado, em comparação com 30% em 2020.

CADASTRE-SE GRÁTIS PARA ACESSAR 5 CONTEÚDOS MENSAIS

Ao cadastrar-se você declara que está de acordo
com nossos Termos de Uso e Privacidade.

Cadastrar

Os serviços de Inteligência Artificial em nuvem (AIaaS), as plataformas de IA para operações de TI (AIOps), a Ciência de Dados e as plataformas de aprendizado de máquina para automação inteligente estão entre as tecnologias apontadas como mais relevantes para escalar as ambições digitais das grandes empresas. Entender explicitamente como as pessoas,
os dados e as máquinas trabalharão juntos para melhorar as operações e a tomada de decisões deixou de ser um objetivo esotérico para começar a se tornar rapidamente uma fonte de diferenciação e sobrevivência.

Tecnologias como Edge Computing, que permitem o processamento e a análise dos dados mais próximo de onde são coletados, também estão em alta. O Gartner estima que, em 2022, os gastos do usuário final com SASE totalizarão US $ 6,8 bilhões, ante US $ 4,8 bilhões em 2021. Além disso, em 2025, mais de 50% das organizações terão estratégias explícitas para adotar SASE, contra menos de 5% em 2020.

Tecnologias unindo IA e automação — em especial  Robotic Process Automation (RPA) e Digital Process Automation (DPA) —  estão se tornando um componente essencial da jornada do cliente, tanto para grandes quanto para empresas de médio porte.

A propósito, vale lembrar que as organizações que alavancaram com sucesso a automação durante a pandemia apontam para três táticas para fazê-la funcionar:

  • Designar a automação como uma prioridade estratégica – De acordo com uma pesquisa da McKinsey, 38% das organizações que priorizaram a automação durante seu processo de planejamento estratégico relataram sucesso na empreitada. As empresas que buscaram programas de automação para redução de custos de longo prazo, para acompanhar os concorrentes ou para ampliar a eficácia de seus processos de negócios, não tiveram sucesso com seus esforços de automação.
  • Buscar iniciativas focadas nas pessoas – A digitalização massiva encorajou as organizações a promover iniciativas focadas nas pessoas, como atrair, reter e aprimorar talentos com habilidades digitais e de automação. Além disso, 65% das organizações que relatam sucesso em automação estão adotando soluções “ human-in-the-loop ” que combinam máquina e inteligência humana para dimensionar seus esforços de automação. Por fim, as organizações de sucesso têm sete vezes mais probabilidade de priorizar a comunicação e coletar feedback dos funcionários, ao mesmo tempo que alavancam a automação.
  • Desenvolver um modelo operacional que permite escalonamento – Organizações que relatam sucesso em automação estão facilitando uma melhor coordenação entre unidades de negócios ou funções para apoiar seus esforços de automação. Conforme os modelos operacionais estão se tornando mais complexos, apenas 46% das equipes de liderança entendem completamente o custo dos esforços de automação implementados em sua organização.

As empresas de médio porte também estão preocupadas em democratizar o desenvolvimento, a integração e a análise de dados em escala. Por isso estão muito interessadas em ferramentas para cientistas de dados cidadãos.

O desenvolvimento de aplicativos mudará para a montagem e integração de aplicativos. Os aplicativos serão montados e compostos pelas equipes que os utilizam. Os silos tecnológicos e organizacionais de desenvolvimento de aplicativos, automação, integração e governança se tornarão obsoletos. Isso impulsionará o surgimento de plataformas de aplicativos de low code (LCAPs) e o desenvolvimento cidadão.

“As empresas criarão cada vez mais novas tecnologias e software, em vez de comprá-los e implementá-los, levando a níveis de gastos mais lentos em 2022 em comparação com 2021”, afirma John-David Lovelock, VP de pesquisa da consultoria.

“O que mudou em 2020 e 2021 não foi realmente a tecnologia em si, mas a vontade e o desejo das pessoas em adotá-la e usá-la de maneiras diferentes”, disse Lovelock. “Em 2022, os CIOs precisam reconfigurar como o trabalho é feito, adotando a composição de negócios e as tecnologias que acomodam fluxos de trabalho assíncronos.”

Infelizmente, a disponibilidade de talentos é a  barreira de adoção mais significativa para 64% das tecnologias emergentes. Essa dinâmica — combinada com um mercado de trabalho extremamente competitivo — está colocando mais pressão do que nunca nas lideranças empresariais.

Os analistas do Gartner preveem que, até 2026, metade das grandes organizações usarão o aprendizado ágil como método de aprimoramento / requalificação.

Tendências e tecnologias emergentes que vão dominar 2022

Tendências

Tendências e tecnologias emergentes que vão dominar 2022

De aviões movidos a hidrogênio a academias de ginástica virtuais, passando por implantes de ossos produzidos por impressão 3D e influencers virtuais, vamos viver um ano acelerado

5 tendências globais que vão impactar os negócios até 2026

Tendências

5 tendências globais que vão impactar os negócios até 2026

Da computação quântica às moedas digitais emitidas por bancos centrais (CDBCs), entenda como essas tendências vão moldar a perspectiva global

Techlash, endemia, crunch climático: o que esperar do mundo em 2022

Tendências

Techlash, endemia, crunch climático: o que esperar do mundo em 2022

As tendências que vão dominar a economia e os negócios, segundo estudo da Economist