s
Crédito: Thisisengineering/Pexels
SEGURANÇA

Os riscos de uma ciberpandemia

Com os funcionários trabalhando remotamente, as empresas estão mais sujeitas a brechas em sua segurança, já que os VPNs estão sobrecarregados e os softwares nem sempre atualizados

Em 24 horas, um só e-mail infectado, aberto e passado adiante, poderia infectar 30 milhões de dispositivos digitais travando, com um ransomware, os sistemas de mais de 600 mil empresas no mundo todo. O custo dessa ciberpandemia seria de US$ 193 bilhões, dos quais apenas 14% teriam algum tipo de seguro contra ciberataques, deixando portanto um rastro de prejuízo de US$ 166 bilhões.

Esse é o cenário do estudo "Bashe attack: Global infection by contagious malware", elaborado pelo Cambridge Centre for Risk Studies, o Cyber Risk Management Project e a seguradora Lloyd's, de Londres. O estudo projeta com detalhes a origem do malware - um grupo de hackers que durante seis meses elaboram o ransomware perfeito e combinam as regras para dividir o butim entre si. E avança nos impactos em diferentes verticais econômicas.

Poderia ser o roteiro de um filme de ficção, só que não. Em meio à pandemia da Covid-19, com milhões de pessoas trabalhando em home office, VPNs sobrecarregadas, softwares não atualizados e CIOs e CISOs atuando como first responders em uma guerra, uma pandemia cyber é um risco real esperando para acontecer. Os milhões de endpoints ativos nesse momento transformam os firewalls corporativos em potenciais "queijos suíços", e não é hora de ter complacência sobre o problema, alerta a IT World.

Este é um conteúdo exclusivo para assinantes.

Cadastre-se grátis para ler agora
e acesse 5 conteúdos por mês.

É assinante ou já tem senha? Faça login. Já recebe a newsletter? Ative seu acesso.

Startups impulsionam geração de melhores serviços de Open Finance

Fintechs

Startups impulsionam geração de melhores serviços de Open Finance

Os dados são centrais no Open Finance, mas nem sempre os bancos conseguem gerar valor a partir das informações. Startups ajudam a criar melhores produtos de finanças abertas com a conversão de dados dos usuários em insights.

Brasil pode ser um polo de deep techs

Inovação

Brasil pode ser um polo de deep techs

O Brasil tem potencial de ser destaque em alguns temas, como biodiversidade e saúde. É essencial aproximar a ciência do mercado e sistematizar uma estratégia para fomentar a formação de um ecossistema nacional de soluções.

Cresce a

Segurança

Cresce a "tecnologia hostil" em 2023

A natureza das ameaças cibernéticas está mudando e os métodos tradicionais para prevenir ataques estão falhando rotineiramente. As empresas vão precisar ampliar seu escopo de segurança para proteger os consumidores e minimizar o pote...

A cibersegurança chegou ao board, mas falta trazer o CISO

Segurança

A cibersegurança chegou ao board, mas falta trazer o CISO

Pesquisa com 600 membros de conselhos administrativos de empresas globais mostra que o Brasil é o país que menos conecta responsáveis pela segurança digital com a gestão.

PMEs e startups: parceria incrementa digitalização

Inovação

PMEs e startups: parceria incrementa digitalização

Com mais maturidade digital, as pequenas e médias empresas brasileiras podem beneficiar ainda mais a economia. As startups trazem as soluções para apoiar a digitalização

Chega de embromação:

Entrevista

Chega de embromação: "temos que colocar dinheiro nas mãos das mulhe...

Para a CEO da socialtech B2Mamy, Dani Junco, só o dinheiro liberta. Por isso, as startups e as iniciativas de apoio ao empreendedorismo feminino devem receber mais cheques.