s
Almôndegas de carne à base de plantas da OmniPork, uma das maiores empresas do gênero na China Crédito: OmniPork
TENDÊNCIAS

O que acontece se a China tirar a carne do menu?

Cafés e restaurantes chineses estão usando proteínas alternativas à base de plantas, provenientes da China, Coreia e dos Estados Unidos em pratos tradicionalmente à base de carne

A piada é velha: se todos os chineses subissem em uma mesa, uns sobre os ombros dos outros e saltassem, caindo no chão ao mesmo tempo, o tremor seria sentido do outro lado do mundo. Agora, se pelo menos metade da população da China decidisse mudar seus hábitos alimentares e passasse a consumir carne produzida à base de plantas (plant-based meat), em que parte da cadeia de suprimento global esse abalo econômico seria sentido?

É o que a revista Time questiona ao mostrar como empresas que produzem carne à base de plantas estão conquistando gradativamente o paladar dos chineses – acostumados a refeições com carne desde que o país entrou no ciclo de industrialização. Na década de 1960, o chinês médio consumia menos de 5 kg de carne por ano. No final dos anos 1980, o consumo aumentou para 20 kg per capita e agora atingiu 63 kg. Hoje, a China consome 28% da carne do mundo, incluindo metade de toda a carne de porco.

O mercado chinês de carne à base de plantas e outros substitutos foi estimado em US$ 910 milhões, em 2018 – comparado com US$ 684 milhões nos Estados Unidos –, com uma projeção de crescimento de 20% a 25% ao ano. O último relatório da MarketsandMarkets aponta que o mercado global de carne à base de plantas estimado para 2020 era de US$ 4,3 bilhões, com projeção para atingir US$ 8,3 bilhões até 2025.

Este é um conteúdo exclusivo para assinantes.

Cadastre-se grátis e tenha acesso a 5 conteúdos por mês.

É assinante ou já tem senha? Faça login. Já recebe a newsletter? Ative seu acesso.

Insetos são alternativa sustentável para alimentação do futuro

Tendências

Insetos são alternativa sustentável para alimentação do futuro

Mercado de proteína de insetos atrai investidores, movimenta ecossistema de inovação e conta com apoio da comunidade científica

Por João Ortega
Hambúrguer de carne vegetal é o futuro?

Inteligência Artificial

Hambúrguer de carne vegetal é o futuro?

As companhias que produzem carne vegetal disputam nos bastidores os contratos com McDonald's, Burger King e Pizza Hut

Por Redação The Shift
O que falta para comermos mais carne produzida em laboratório?

Inovação

O que falta para comermos mais carne produzida em laboratório?

A demanda global por carne bovina e outras carnes de ruminantes pode aumentar em 88% entre 2010 e 2050, de acordo com uma análise que o World Resources Institute fez de dados da FAO

Por Kate Whiting, WEF