s
INOVAÇÃO

Não fique estagnado, inove!

O Capgemini Research Institute conceituou inovação a partir de múltiplas perspectivas – empresarial, religiosa, científica e política - para entender sua evolução e futuras aplicações no mundo digital.

A jornada digital é sobre trilhar um território desconhecido, repleto de perguntas e desafios. No Capgemini Research Institute é também o fio condutor de um série de publicações trimestrais chamadas "Conversations for Tomorrow". A quinta edição, recém lançada, é focada exclusivamente nas mudanças do conceito de inovação, o motor que impulsiona as economias contemporâneas. Os padrões de vida são determinados pelo crescimento da produtividade, que por sua vez depende da introdução e disseminação de novas tecnologias que permitem produzir uma variedade cada vez maior de bens e serviços com cada vez menos recursos do nosso planeta.

De acordo com os editores,a inovação nunca foi tão empolgante quanto agora, com tantas tecnologias transformadoras do ambiente social e empresarial. A Biologia Sintética tem o potencial de erradicar fome via o desenvolvimento de “alimentos” de alto valor nutricional e combater doenças por meio dae engenharia e edição de genes. O blockchain, o metaverso e a Web 3.0 serão “redefinidores de momentos”, com potencial para transformar o mundo da mesma forma que a internet fez. As tecnologias quânticas mudarão o modo como calculamos, comunicamos e sentimos, e também a segurança cibernética e o enfrentamento das mudanças climáticas.

A tabela acima mostra que, ao longo das últimas duas décadas, a inovação como conceito de negócio cresceu. Nas décadas de 1980 e 1990, significava P&D e desenvolvimento de produtos. No entanto, as empresas aprenderam posteriormente que poderiam evitar a concorrência direta mudando suas visões sobre os modelos de negócios. Com o advento da economia digital por volta de 2010, muitos setores de repente se tornaram vulneráveis à disrupção das empresas nativas digitais (pense no destino da Blackberry e da Nokia). Para se manterem competitivas, as empresas inovadoras ampliaram o escopo de seus negócios para abranger plataformas e ecossistemas, a gilidade organizacional e novas formas de empoderamento e controle.

Este é um conteúdo exclusivo para assinantes.

Cadastre-se grátis para ler agora
e acesse 5 conteúdos por mês.

É assinante ou já tem senha? Faça login. Já recebe a newsletter? Ative seu acesso.

Com Chatbots de IA as buscas na internet nunca mais serão as mesmas

Tendências

Com Chatbots de IA as buscas na internet nunca mais serão as mesmas

Google, Microsoft e algumas startups pretendem responder às nossas dúvidas sem links, usando textos bem elaborados por grandes modelos de linguagem, transformando o mercado

CEOs: metaverso vale o risco?

Tendências

CEOs: metaverso vale o risco?

O tamanho do mercado, a combinação de tecnologias que compõe o metaverso e seu impacto na vida corporativa fazem do tema um "negócio de CEO". Por isso, a entrada neste ambiente deve ser cuidadosamente planejada, recomenda a McKinsey. S...

Quer inovar? Olhe para dentro

Inovação

Quer inovar? Olhe para dentro

Ao apostar no empreendedorismo interno, as empresas aproveitam o talento dos colaboradores e aumentam as chances de inovar de forma acelerada.

Um planeta sob nova direção

Tendências

Um planeta sob nova direção

Homem e natureza são parte do mesmo sistema interconectado. Se um destrói o outro, sucumbirá em seguida. Com esta certeza, universidades, ONGs e empresas privadas estão se unindo para criar centros de conhecimento de Desenvolvimento Reg...

Um

Tendências

Um "canvas donut" para negócios

Uma economia regenerativa, distributiva e próspera, na qual as necessidades humanas básicas e os recursos do planeta são equilibrados para garantir o bem-estar coletivo e planetário. Parece uma proposta razoável? É a Economia Donut, c...

Consumidores em 2023: cautelosos e ecoeconômicos

Tendências

Consumidores em 2023: cautelosos e ecoeconômicos

Pesquisa realizada pela consultoria de inteligência de negócios global Euromonitor International mapeou as 10 Principais Tendências Globais de Consumo em 100 países