s
O cineasta brasileiro Ricardo Laganaro ganhou o prêmio Emmy de Inovação Crédito: Divulgação
ENTREVISTA

Na vanguarda da Realidade Virtual

O cineasta Ricardo Laganaro acredita no potencial da tecnologia para transformar experiências já existentes, como mostra em seu filme "A Linha", que utiliza elementos de Realidade Virtual

Por João Ortega 18/09/2020

O cineasta brasileiro que ganhou um Emmy de inovação: assim está se tornando conhecido Ricardo Laganaro desde a última semana. Não se trata de uma analogia. A maior premiação da televisão norte-americana deste ano concedeu o prêmio de Outstanding Innovation in Interactive Media (Excepcional Inovação em Mídia Interativa) para a produção "A Linha", lançada internacionalmente em 2019.

Ricardo Laganaro é um dos sócios do estúdio Árvore, uma produtora de experiências em Realidade Virtual (VR) com modelo de startup, onde foi desenvolvida a obra premiada. O reconhecimento internacional em diversos festivais de cinema posiciona a empresa na vanguarda mundial do novo formato narrativo. Não à toa, o projeto está sendo traduzido para diversas línguas e conta com interesse da China.

No entanto, o mercado de narrativas imersivas em VR, excluindo o universo dos games, ainda é bastante restrito globalmente. No Brasil, o difícil acesso aos equipamentos torna o setor mais incipiente. “É uma ideia de longo-prazo, porque o mercado está nascendo agora”, explica Laganaro sobre o modelo da produtora. “Não dá para exigir receita de projetos que não têm consumidor. É um conceito de pesquisa e desenvolvimento”.

Este é um conteúdo exclusivo para assinantes.

Cadastre-se grátis para ler agora
e acesse 5 conteúdos por mês.

É assinante ou já tem senha? Faça login. Já recebe a newsletter? Ative seu acesso.

Cuidado para não cair no gap da inovação

Inovação

Cuidado para não cair no gap da inovação

A maioria das empresas prioriza a inovação, porém não estão preparadas, mostra levantamento do BCG.

Inovações e patentes sustentáveis

Inovação

Inovações e patentes sustentáveis

Quase uma em cada três invenções está relacionada com os Objetivos de Desenvolvimento Sustentável, aponta estudo da OMPI, às vésperas do Dia Mundial da Propriedade Intelectual.

O poder da intenção, na agenda

Entrevista

O poder da intenção, na agenda

Conversamos com o autor do livro Timeboxing, que esteve no Brasil esta semana, para entender melhor o método de administração pessoal.

Falta imaginação às empresas

Inovação

Falta imaginação às empresas

Pesquisa recente revela que as empresas perderam a capacidade de imaginar o seu futuro, refletindo falta de curiosidade e criatividade, essenciais para a inovação.

Três tipos de inovação

Inovação

Três tipos de inovação

Daniel Sabbah, um dos autores do livro "The Heart of Innovation", explica a diferença entre inovação e invenção e os tipos de inovação nos quais investir e o porquê.

Corporate Venture Builder: modelo de geração de inovação e ganhos na TecBan

Inovação

Corporate Venture Builder: modelo de geração de inovação e ganhos...

A ATMosfera Venture foi criada para desenvolver negócios multissetoriais que possam contribuir para as transformações do ecossistema financeiro brasileiro.

Por Marcos Aurélio Pedroso *