s
O cineasta brasileiro Ricardo Laganaro ganhou o prêmio Emmy de Inovação Crédito: Divulgação

ENTREVISTA

Na vanguarda da Realidade Virtual

O cineasta Ricardo Laganaro acredita no potencial da tecnologia para transformar experiências já existentes, como mostra em seu filme "A Linha", que utiliza elementos de Realidade Virtual

Por João Ortega 18/09/2020

O cineasta brasileiro que ganhou um Emmy de inovação: assim está se tornando conhecido Ricardo Laganaro desde a última semana. Não se trata de uma analogia. A maior premiação da televisão norte-americana deste ano concedeu o prêmio de Outstanding Innovation in Interactive Media (Excepcional Inovação em Mídia Interativa) para a produção "A Linha", lançada internacionalmente em 2019.

Ricardo Laganaro é um dos sócios do estúdio Árvore, uma produtora de experiências em Realidade Virtual (VR) com modelo de startup, onde foi desenvolvida a obra premiada. O reconhecimento internacional em diversos festivais de cinema posiciona a empresa na vanguarda mundial do novo formato narrativo. Não à toa, o projeto está sendo traduzido para diversas línguas e conta com interesse da China.

No entanto, o mercado de narrativas imersivas em VR, excluindo o universo dos games, ainda é bastante restrito globalmente. No Brasil, o difícil acesso aos equipamentos torna o setor mais incipiente. “É uma ideia de longo-prazo, porque o mercado está nascendo agora”, explica Laganaro sobre o modelo da produtora. “Não dá para exigir receita de projetos que não têm consumidor. É um conceito de pesquisa e desenvolvimento”.

Conteúdo exclusivo para membros da The Shift

Aproveite a promoção e assine

Deep tech: a revolução está a caminho

Inovação

Deep tech: a revolução está a caminho

Deep techs, ao contrário das startups convencionais, mira no que não está lá: elas criam novos negócios e produtos a partir de descobertas científicas

Por Silvia Bassi
Para CEO da BossaBox, força de trabalho líquida é tendência no mercado

Entrevista

Para CEO da BossaBox, força de trabalho líquida é tendência no mer...

Escolhido para a lista Under 30 da Forbes, o empreendedor André Abreu revela, em entrevista exclusiva, sua previsão para um futuro do trabalho cada vez mais dinâmico

Por João Ortega
A reinvenção corporativa passa pela ausência de regras

Entrevista

A reinvenção corporativa passa pela ausência de regras

Erin Meyer, coautora do livro "A regra é não ter regras", sobre a cultura da Netflix, conta como ter empresas inovadoras, flexíveis, inclusivas e diversas, jogando fora o livro de regras. Você consegue?

Por Silvia Bassi
“Psicólogo será a profissão do futuro”, prevê CEO da Vittude

Entrevista

“Psicólogo será a profissão do futuro”, prevê CEO da Vittude

Em 2020, a startup viu seus planos corporativos crescerem 800%, apesar de muitas organizações ainda não terem despertado para a importância da educação emocional, segundo Tatiana Pimenta

Por João Ortega
Inovação Aberta pode fomentar polos regionais de inovação

Inovação

Inovação Aberta pode fomentar polos regionais de inovação

Açaí Valley, associação de startups do Pará, está colhendo frutos da conexão entre grandes empresas e empreendedores locais

Por João Ortega
Reconhecer que a crise continua é chave para ter sucesso em 2021

Entrevista

Reconhecer que a crise continua é chave para ter sucesso em 2021

Marco Tulio Zanini, professor da FGV, afirma que liderança deverá focar em empatia para manter equipes unidas e produtivas, mesmo com as limitações geradas pela pandemia

Por João Ortega