s
Mais capital na mão das startups é sinônimo de mais aquisições Unsplash/Blogging Guide
INOVAÇÃO

M&A: as startups vão às compras

No primeiro semestre de 2021, as startups ultrapassaram as empresas tradicionais na quantidade de fusões e aquisições de startups pela primeira vez

Anúncios de fusões e aquisições não faltam no ecossistema brasileiro de inovação. O mercado nacional de M&As está aquecido, como aponta a consultoria Transactional Track Record (TTR): até outubro de 2021, foram registradas 1.981 transações do tipo, com uma movimentação total de R$ 435,3 bilhões. O destaque é para o setor de Setor de Tecnologia, responsável por 733 operações. As startups são um alvo das compras, mas também surgem como grandes compradoras. O Distrito aponta que 54% dos 113 M&As de empresas de tecnologia ocorridos no primeiro semestre foram entre startups. Essa foi a primeira vez que as organizações tradicionais não foram as maiores compradoras de startups.

As startups ganham força no mercado de fusões e aquisições brasileiros graças ao bom momento do ecossistema nacional de inovação e a digitalização da economia. Até outubro, foram investidos US$ 8,01 bilhões em empresas de tecnologia brasileiras, de acordo com o "Inside Venture Capital Report", do Distrito. O volume supera em 120% o total de 2020, quando foram captados US$ 3,65 bilhões. Se trata de um ciclo positivo para essas companhias, em que mais capital injetado no mercado cria melhores soluções, fomenta novos empreendedores e deixa mais caixa disponível para compras.

“As empresas de tecnologia estão cada vez mais capitalizadas e buscando um crescimento mais acelerado. O M&A entre startups é uma tendência porque quanto mais liquidez e caixa as empresas de tecnologia tiverem, mais terão apetite por novas aquisições e novos investimentos”, analisa Gustavo Gierun, cofundador do Distrito.

Conteúdo exclusivo para membros da The Shift

Aproveite a promoção e assine

6 visões para o futuro do trabalho com impacto da IA

Tendências

6 visões para o futuro do trabalho com impacto da IA

As máquinas podem superar os humanos em todas as tarefas dentro de 45 anos e a questão agora é como apoiar uma força de trabalho e economia em constante mudança

Por Stuart Russell e Daniel Susskind, Fórum Econômico Mundial
Eles apostam alto no fruit-based

Entrevista

Eles apostam alto no fruit-based

Le Mendes e Pedro Ian estão emprenhados em transformar a Fábrica Meatz em uma das maiores foodtechs brasileiras, com produtos disruptivos e inéditos, como a recém-lançada carne louca de jaca

A Black Friday é a hora de colher os frutos das estratégias de IA

Inteligência Artificial

A Black Friday é a hora de colher os frutos das estratégias de IA

A inteligência artificial ajuda a oferecer uma melhor experiência para o consumidor por permitir que a marca conheça a fundo o cliente. Assim, as empresas se destacam da concorrência na Black Friday.

Por Marina Hortélio
Tendência do consumo híbrido exige estratégia omnichannel

Tendências

Tendência do consumo híbrido exige estratégia omnichannel

Pesquisa do PayPal aponta que as compras online vão continuar relevantes após a pandemia, por isso, as marcas precisam adotar uma estratégia multicanal

Por Marina Hortélio
COP dos Negócios: o que muda para as empresas

Tendências

COP dos Negócios: o que muda para as empresas

Após a Conferência do Clima em Glasgow, as empresas estão diante mudanças no uso de combustíveis fósseis, projetos em florestas, emissões de gases de efeito estufa

10 principais tecnologias emergentes de 2021 da WEF

Inovação

10 principais tecnologias emergentes de 2021 da WEF

A edição do 10º aniversário do Relatório das 10 principais tecnologias emergentes do Fórum Econômico Mundial lista as novas tecnologias que devem impactar o mundo nos próximos três a cinco anos

Por Mariette DiChristina e Bernard Meyerson, Fórum Econômico Mundial