s
INTELIGÊNCIA ARTIFICIAL

Lideranças de dados e análises devem explorar mais a Causal AI

O que significa ir além de previsões baseadas em correlação e investir nas prescrições baseadas em causalidade para melhorar a tomada de decisão

Já ouviu falar em correlação e causalidade? Em estatística, usar ambas de forma correta é o caminho para evitar assumir coisas estranhas. Na IA, idem. Não por acaso, a Causal AI é uma das 25 tecnologias emergentes destacadas pelo Gartner este ano. Ela busca identificar e utilizar relações de causa e efeito, indo além de modelos preditivos baseados em correlação.

Apesar de seu notável sucesso, os modelos estatísticos, incluindo aqueles em sistemas avançados de Deep Learning (DL), usam correlações de nível de superfície para fazer previsões. Mas o paradigma atual não conduz os modelos para descobrir relações de causa e efeito. Só, as correlações.

E qual é o problema de usar correlações para predição? A fragilidade das previsões. Para que as previsões baseadas em correlação permaneçam válidas, o processo que gerou os dados precisa permanecer o mesmo. Por exemplo, é possível correlacionar o nascer do sol com o canto do galo. Mas forçar um galo a cantar nem sempre fará o sol nascer.

Este é um conteúdo exclusivo para assinantes.

Cadastre-se grátis e tenha acesso a 5 conteúdos por mês.

É assinante ou já tem senha? Faça login. Já recebe a newsletter? Ative seu acesso.

O horizonte bilionário dos ecossistemas de canais

Tendências

O horizonte bilionário dos ecossistemas de canais

Segundo a empresa de pesquisas Canalys, é formado por 223 startups e empresas movimentaram US$ 3,9 bilhões em vendas de software, em 2021 e têm US$ 8,9 bilhões projetados para 2027

IA Responsável: um caminho a percorrer

Inteligência Artificial

IA Responsável: um caminho a percorrer

Novas pesquisas mostram que, embora os líderes concordem que a IA responsável deve ser uma preocupação da alta administração, poucos priorizaram essas iniciativas. Por onde começar?

Nem sempre a IA funciona. Por que?

Inteligência Artificial

Nem sempre a IA funciona. Por que?

É possível resumir o que a inteligência de máquina faz muito bem com três Ps: padrões, probabilidades e performance. O problema é a falta de compreensão das características básicas do problema de negócios.

E a grande fusão do Ethereum aconteceu

Tendências

E a grande fusão do Ethereum aconteceu

Às 3h59 da madrugada de 15 de setembro, aconteceu finalmente o encerramento do "The Merge", a grande fusão da rede blockchain Ethereum. A maior mudança é com relação ao PoS (proof-of-stake ou prova de participação) e os mineradores...

Após regulamentação, startups inovam na telemedicina veterinária

Tendências

Após regulamentação, startups inovam na telemedicina veterinária

O atendimento remoto já era praticado, mas regulamentação deve fazer o modelo evoluir. Novas oportunidades de negócio foram criadas.

Simple2u: como a MAG enfrenta a transformação dos seguros

Entrevista

Simple2u: como a MAG enfrenta a transformação dos seguros

Em entrevista exclusiva à THE SHIFT, Leonardo Lourenço, Head Geral da Simple2u, conta como a insurtech criada dentro do sandbox regulatório da Susep, repensa o segmento.