s
Fazenda vertical em Taastrup, fora de Copenhague: projeto da Nordic Harvest inclui energia eólica, uso reduzido de água e robôs para o trabalho Crédito: Nordic Harvest
TENDÊNCIAS

Fazenda vertical é movida a vento e operada por robôs

A maior fazenda vertical da Europa vai unir a tecnologia para produção de vegetais com assistentes de cozinha robóticos

A agricultura vertical, que utiliza luzes LED e um ambiente altamente controlado para cultivar vegetais, usando menos água e espaço do que na agricultura tradicional é um conceito que vem crescendo próximo a centros urbanos. Afinal, como alimentar tanta gente se o espaço vai ficando cada vez mais caro? Essa tendência, desenvolvida por agtechs como a Pink Farms no Brasil, vai ganhar uma grande adição na Europa. E que vem com muito mais tecnologia embarcada, na forma de energia eólica e mão-de-obra robotizada.

A nova fazenda, que ainda está em construção, fica na Dinamarca, em uma área chamada Taastrup, fora de Copenhague. Com 7.000 metros quadrados, será a maior fazenda vertical da Europa. As colheitas crescerão em pilhas de 14 camadas de altura e usarão mais de 20.000 lâmpadas LED.

O projeto da empresa dinamarquesa Nordic Harvest, conhecida por sua tecnologia na produção de alimentos, conta com uma parceria com a empresa de agricultura vertical taiwanesa YesHealth Group. Além das proporções únicas para uma fazenda vertical, esta vai contar com robôs para cuidar do cultivo.

Este é um conteúdo exclusivo para assinantes.

Cadastre-se grátis e tenha acesso a 5 conteúdos por mês.

É assinante ou já tem senha? Faça login. Já recebe a newsletter? Ative seu acesso.

Inovação no agronegócio: o que esperar das agtechs no Brasil

The Shift 360°

Inovação no agronegócio: o que esperar das agtechs no Brasil

O agronegócio representa um terço do PIB e com tecnologia e soluções trazidas pelas agtechs poderia representar ainda mais nas exportações

Por Marina Hortélio
Agtechs inovam cenário do campo e trazem tendências

The Shift 360°

Agtechs inovam cenário do campo e trazem tendências

As startups oferecem soluções para gestão, previsão de chuvas, geolocalização, melhoramento de espécies, marketplaces e mais serviços para o agronegócio

Por Marina Hortélio
Onde estão e como atuam as agtechs no Brasil

The Shift 360°

Onde estão e como atuam as agtechs no Brasil

As startups ainda são muito concentradas nas regiões com os maiores ecossistemas de inovação na área do agronegócio

Por Marina Hortélio