s
Crédito: Pexels Pixabay
INTELIGÊNCIA ARTIFICIAL

Eficiência dos algoritmos e a Lei de Moore

Já sabemos que a proposição do co-fundador da Intel, Gordon Moore, funciona para circuitos integrados, mas e se funcionar também para o aprendizado de máquina?

A OpenAI está propondo uma nova forma de medir a eficiência dos algoritmos de Machine Learning (ou seja, como eles podem fazer mais com menos). Usando essa medida, eles mostram que a IA está se tornando mais eficiente em um ritmo perverso, capaz até de desafiar a Lei de Moore.

Em 1965, Gordon Moore, co-fundador da Intel, postou em seu artigo seminal que o número de transistores em um circuito integrado dobraria a cada dois anos, o que é conhecido como lei de Moore. Hoje, 50 anos após essa declaração, os processadores da Intel são capazes de oferecer um desempenho de 3500x do que poderia fazer em sua versão de 1965. Não houve nenhuma outra tecnologia que tenha melhorado a esse ritmo.

À medida que os processadores se tornaram mais leves e rápidos, o mundo dos computadores mudou drasticamente. Um subproduto muito importante dessa inovação é a formação da inteligência artificial como um domínio próprio. O avanço algorítmico também melhorou em um ritmo que ressoa o sucesso dos circuitos integrados. No entanto, ainda não falamos sobre algoritmos em termos de eficiência, como fazemos no contexto dos computadores clássicos. As métricas são geralmente medidas através da precisão ou de alguma pontuação.

Este é um conteúdo exclusivo para assinantes.

Cadastre-se grátis para ler agora
e acesse 5 conteúdos por mês.

É assinante ou já tem senha? Faça login. Já recebe a newsletter? Ative seu acesso.

Como detectar conteúdo gerado pela IA

Inteligência Artificial

Como detectar conteúdo gerado pela IA

Para todo veneno há um antídoto. A IA Generativa surgiu e maravilhou a todos com sua capacidade infinita de criação. Porém, em seguida, acordamos para sua face negra. Agora, empresas lançam soluções para detectar plágios no conteú...

Quer inovar? Olhe para dentro

Inovação

Quer inovar? Olhe para dentro

Ao apostar no empreendedorismo interno, as empresas aproveitam o talento dos colaboradores e aumentam as chances de inovar de forma acelerada.

Um planeta sob nova direção

Tendências

Um planeta sob nova direção

Homem e natureza são parte do mesmo sistema interconectado. Se um destrói o outro, sucumbirá em seguida. Com esta certeza, universidades, ONGs e empresas privadas estão se unindo para criar centros de conhecimento de Desenvolvimento Reg...

Um

Tendências

Um "canvas donut" para negócios

Uma economia regenerativa, distributiva e próspera, na qual as necessidades humanas básicas e os recursos do planeta são equilibrados para garantir o bem-estar coletivo e planetário. Parece uma proposta razoável? É a Economia Donut, c...

Consumidores em 2023: cautelosos e ecoeconômicos

Tendências

Consumidores em 2023: cautelosos e ecoeconômicos

Pesquisa realizada pela consultoria de inteligência de negócios global Euromonitor International mapeou as 10 Principais Tendências Globais de Consumo em 100 países

IA e a construção da estratégia

Inteligência Artificial

IA e a construção da estratégia

A IA estratégica é uma ferramenta que pode simplificar a vida dos executivos. Um meio de acelerar o impacto, lidar com disrupções e desbloquear novas oportunidades de mercado. Mas ela deve servir ao negócio e não o contrário.