s
Crédito: Pexels
INOVAÇÃO

Como desenvolver imunidade de rebanho à inovação

O mercado publicitário ajudou a difundir a ideia de que são ferramentas que levam à criatividade, dando a ideia de que inovar é fácil e divertido, quando pode ser um processo bem sofrido

Por Soraia Yoshida 21/06/2021

Brainstorming e Design Thinking são duas metodologias que caíram no “gosto popular” corporativo e são usadas para quase tudo como sinônimo de ideação e inovação, inclusive em argumentos em que nem chegaram perto. O mercado publicitário ajudou a difundir a ideia de que são ferramentas que levam à criatividade – dando a seus usuários a ilusão de que inovar é fácil e divertido, escreve Amnon Levav, cofundador e diretor de inovação da SIT - Systematic Inventive Thinking Ltd.

"O brainstorming, famoso por sua invenção independente, mas quase simultaneamente, por Alex Osborn e Walt Disney no início dos anos 50, desempenhou um papel importante em seus primeiros dias na promoção da criatividade e da inovação, especialmente no mundo corporativo. Os executivos anteriormente oprimidos de repente receberam uma “licença para não matar” e, mais importante, para não ser morto, que lhes permitiu expor suas ideias em relativa segurança. Na cultura hierárquica fechada daquela época, isso era inestimável e contribuiu para uma verdadeira revolução cultural", escreve Levav.

Segundo ele, o brainstorming continua sendo uma ferramenta que pode ajudar a motivar os participantes a serem ativos em uma discussão com o objetivo de compartilhar ideias que já têm e de promover a formação de equipes. Então, o que há para não gostar? O fato de que quem propõe seu uso normalmente afirma que é "um método confiável para gerar novas idéias", critica Levav. "Não é, e isso é confirmado repetidamente pela experiência de seus usuários corporativos. Uma busca rápida por 'pesquisas mostrando que o brainstorming não funciona' fornece bastante material para comprovar esse fato", sugere

Este é um conteúdo exclusivo para assinantes.

Cadastre-se grátis e tenha acesso a 5 conteúdos por mês.

É assinante ou já tem senha? Faça login. Já recebe a newsletter? Ative seu acesso.

Plant-based está crescendo, mas ainda precisa enfrentar desafios

Inovação

Plant-based está crescendo, mas ainda precisa enfrentar desafios

Startups e grandes empresas competem por um espaço no prato dos consumidores de alimentos plant-based, que demanda produtos cada vez mais saudáveis, similares aos de origem animal, clean-label e acessíveis

O desafio de digitalizar as importações e exportações latinas

Internet das Coisas

O desafio de digitalizar as importações e exportações latinas

O unicórnio mexicano Nowports quer ser o one-stop-shop do transporte de cargas internacional da América Latina para aumentar a transparência e a eficiência do setor

Tecnologia em prol da logística reversa

Inovação

Tecnologia em prol da logística reversa

A cleantech Polen utiliza o blockchain para dar transparência às iniciativas de logística reversa

As três prioridades para acelerar a descarbonização das indústrias

Inovação

As três prioridades para acelerar a descarbonização das indústrias

Essencial para que as empresas alcancem o net-zero, a tecnologia também é uma forma de aumentar a competitividade das companhias

Por Roland Busch, Fórum Econômico Mundial
Mais capital intelectual e capital semente para a Amazônia

Inovação

Mais capital intelectual e capital semente para a Amazônia

Um hackaton organizado pelo Apoema Hub busca contribuir para o desenvolvimento sustentável da região baseado no conceito de Service-as-a-Capital. Já ouviu falar?

O ranking para melhorar a relação entre startups e corporações

Inovação

O ranking para melhorar a relação entre startups e corporações

Com o ranking de Melhores Corporações para o Ecossistema Brasileiro de Startups, a The Bakery quer identificar as melhores práticas do mercado.