s
Créditos: (Unsplash/Jason Briscoe)
INOVAÇÃO

Com ETF, Hashdex aposta no DeFi

As finanças descentralizadas vem ganhando notoriedade com a premissa de disruptarem o setor financeiro.

As finanças descentralizadas, ou DeFi, são a primeira resposta sólida para a questão “para que servem as criptomoedas e o blockchain?”. É isso que afirma o Professor de Estudos Jurídicos e Ética Empresarial da Universidade da Pensilvânia, Kevin Werbach, em um artigo na The Conversation. A premissa desse novo tipo de infraestrutura financeira é disruptar o setor financeiro. A ideia tem chamado atenção e a fintech Hashdex é um dos que apostam no modelo. Em 17 fevereiro, a instituição vai lançar o DEFI11, um fundo de índice (ETF, sigla para Exchange Traded Fund) focado em DeFi.

O CEO da Hashdex, Marcelo Sampaio, acredita que investir em DeFi significa investir nas fintechs do futuro. No seu site, a instituição explica que os ativos de finanças descentralizadas possuem características superiores ao sistema financeiro tradicional em diversos atributos, tendo assim o potencial de ganharem cada vez mais mercado. “São menos dependentes de intermediários e de intervenção humana, são mais transparentes, mais acessíveis, e mais eficientes em custos. Valendo-se de smart contracts e das próprias características das redes blockchain nas quais estão inseridas, as aplicações de DeFi trazem segurança e agilidade para transações financeiras”, afirma a fintech.

O potencial disruptivo vem do conceito de DeFi. No paper “Navigating Decentralized Futures. A Financial Services Perspective: Taxonomy and Implications”, a Capgemini define o modelo como um sistema financeiro construído em uma rede descentralizada de blockchain que permite que os usuários interajam e façam transações sem intermediários. Basicamente, os bancos são cortados do cenário e as transações são executadas por meio de smart contracts.

Este é um conteúdo exclusivo para assinantes.

Cadastre-se grátis e tenha acesso a 5 conteúdos por mês.

É assinante ou já tem senha? Faça login. Já recebe a newsletter? Ative seu acesso.

Com bitcoin sustentável e ether, Hashdex amplia oferta de ETFs de cripto

Economia

Com bitcoin sustentável e ether, Hashdex amplia oferta de ETFs de cri...

Empresa foi pioneira ao lançar o primeiro ETF de cripto na B3, em abril. Com novos lançamentos, bolsa terá 5 ETFs de criptoativos

Por Marina Hortélio

Entrevista

"O Open Banking deve ser como a eletricidade, conectando tudo e a todo...

Para Seshika Fernando, Vice-Presidente da WSO2, há duas grandes oportunidades no Open Banking: para os bancos expandirem seus canais de contato, e para os 120 milhões de usuários que estão subutilizando os serviços bancários

Por Silvia Bassi
A revolução cripto está em marcha

Tendências

A revolução cripto está em marcha

Com iniciativas parrudas de regulamentação e o ingresso de mais investidores e provedores de serviços no mercado, usos concretos dos ativos digitais impulsionarão ainda mais a adoção no mundo

Por Cristina De Luca
Blockchain e tokens digitais: uma nova odisséia para os negócios

Além dos Blocos

Blockchain e tokens digitais: uma nova odisséia para os negócios

O blockchain, associado aos tokens digitais, gera registros únicos, confiáveis e baratos, que pode dar suporte a grandes transformações em todas as áreas de negócio

Por Ricardo Azevedo