s
O método Reinforcement Learning from Human Feedback usa o feedback humano para ajustar os modelos de IA
INTELIGÊNCIA ARTIFICIAL

As promessas e os perigos do ChatGPT

O ChatGPT é uma das tecnologias mais disruptivas já criadas e mostra o quão longe a Inteligência Artificial pode chegar. Mas ainda produz respostas erradas, tendenciosas, mas altamente confiáveis

Lançado há apenas seis dias pela OpenAi, o ChatGPT já tem mais de um milhão de usuários. Uma das tecnologias mais disruptivas já criadas está sendo adotada a um ritmo alucinante. A Internet vem fervilhando de empolgação com o modelo que, de fato, mostra o quão longe a Inteligência Artificial pode chegar. Para o bem e para o mal.

Nas últimas 72 horas, começaram a surgir as críticas. Duras. As mais frequentes referem-se ao ChatGPT como um mentiroso convincente, experiente e perigoso, que pode ser facilmente solicitado a reproduzir estereótipos ou fornecer instruções sobre como infringir a lei. A maioria, no entanto, acredita estar diante daqueles raros momentos na tecnologia em que é possível ter um vislumbre de como tudo será diferente partir dali. Entre adoradores e detratores, o modelo segue seu curso.

De fato, o ChatGPT está longe de ser perfeito. Mas sua capacidade de sustentar uma conversa e fornecer texto notavelmente inteligente e detalhado tem deixado muita gente de queixo caído. Os primeiros usuários descobriram uma miríade de capacidades impressionantes: escrever linhas de código; redigir um artigo de nível universitário; dar explicações na voz de um pirataescrever uma peça para piano no estilo de Mozart; encontrar bugs no código e explicá-losescrever letras de músicasescrever ensaios e dar feedback detalhado sobre elesatuar como uma máquina virtualnavegar na web para responder a perguntasargumentar como Donald Trump e muito mais. Sempre executado de forma rápida e coerente. O que é uma virtude e, também, o seu maior pecado.

Respostas incoerentes, tendenciosas ou equivocadas

Este é um conteúdo exclusivo para assinantes.

Cadastre-se grátis para ler agora
e acesse 5 conteúdos por mês.

É assinante ou já tem senha? Faça login. Já recebe a newsletter? Ative seu acesso.

A IA produtiva precisa ser confiável

Inteligência Artificial

A IA produtiva precisa ser confiável

Durante o evento SAS Innovate 2024, a fornecedora mostrou soluções para auxiliar clientes a aproveitar os benefícios da tecnologia com segurança.

AI Index 2024 impressiona

Inteligência Artificial

AI Index 2024 impressiona

Mostra um avanço significativo da IA, conduzido principalmente pela iniciativa privada. Mas a corrida tem seus efeitos colaterais. Faltam avaliações robustas e padronizadas para a IA Responsável. Além disso, a IA vence os humanos em al...

A desilusão da IA Generativa

Inteligência Artificial

A desilusão da IA Generativa

Muitos heavy users exigirão além do que a tecnologia pode entregar, e as próprias corporações, sem políticas de inovação nem dados estruturados, deixarão de aproveitar a promessa de eficiência

Por Yuri Gitahy *
Poderes e limitações dos robôs

Inteligência Artificial

Poderes e limitações dos robôs

Daniela Rus, roboticista e diretora do MIT CSAIL em parceria com Gregory Mone mostram como a robótica pode auxiliar a humanidade no futuro em um novo livro.

Inovações e patentes sustentáveis

Inovação

Inovações e patentes sustentáveis

Quase uma em cada três invenções está relacionada com os Objetivos de Desenvolvimento Sustentável, aponta estudo da OMPI, às vésperas do Dia Mundial da Propriedade Intelectual.

E a IA dominou a pista

Inteligência Artificial

E a IA dominou a pista

O relatório anual Enterprise Tech 30, que publica a lista das startups de tecnologia corporativa mais promissoras, na visão dos grandes VCs, mostra startups de IA ocupando espaços do SaaS.