s
O problema do avanço do ESG, que se traduz no “ticar a caixinha”, tem muito a ver com educação Crédito: Pixabay
SUSTENTABILIDADE

Alfabetização em ESG tem que ser prioridade nas empresas

Pesquisas revelam que funcionários precisam de treinamento para entregar a visão sonhada pelas empresas

Por Soraia Yoshida 18/07/2022

Em um momento em que a busca por profissionais capacitados para criar projetos e estratégias relacionadas à governança ambiental, social e corporativa (ESG) anda alta – no Brasil, cresceu 50% nos primeiros cinco meses de 2022, de acordo com a consultoria Michael Page –, uma pesquisa mostra que o buzz é alto, mas na prática ainda está faltando acontecer.

Segundo um levantamento da EcoOnline, uma plataforma de tecnologia para tornar locais de trabalho mais seguros, que ouviu funcionários de 124 empresas em junho, a situação é a seguinte:

  • 50% consideram os relatórios ESG como um exercício de “ticar a caixinha”
  • 42% dos entrevistados admitem que sua empresa não possui um sistema de relatórios ESG em vigor
  • 67% sinalizam a atividade ambiental como a mais alta prioridade para o relatório ESG de sua organização
  • 66,7% destacam que sua organização não produz um relatório anual de sustentabilidade ou ESG disponível publicamente
  • 69% acreditam que a medição e os relatórios ESG proporcionam melhor desempenho organizacional
  • Mais de 1/3 da equipe que lidera os relatórios ESG tem pouco ou nenhum treinamento relevante para fazê-lo de forma eficaz

O estudo destaca que a maioria dos colaboradores sentiu que a pressão organizacional para levantar, organizar e relatar dados ESG aumentou nos últimos três anos. Mas que apesar das expectativas por maior transparência, dois terços dos funcionários afirmaram que sua organização não produz um relatório anual de sustentabilidade ou de metas ESG para o público. E isso indica uma lacuna enorme entre o discurso do que se vai fazer e o que de fato está sendo feito. Um bom exemplo são os fundos ESG, que atraíram milhões de investidores, mas que tinham muito de greenwashing.

Este é um conteúdo exclusivo para assinantes.

Cadastre-se grátis e tenha acesso a 5 conteúdos por mês.

É assinante ou já tem senha? Faça login. Já recebe a newsletter? Ative seu acesso.

5 tendências globais que vão impactar os negócios até 2026

Tendências

5 tendências globais que vão impactar os negócios até 2026

Da computação quântica às moedas digitais emitidas por bancos centrais (CDBCs), entenda como essas tendências vão moldar a perspectiva global

5 tendências que vão guiar o mercado de energia renovável

Sustentabilidade

5 tendências que vão guiar o mercado de energia renovável

A indústria de energia eólica e de energia solar se prepara para dar um salto de crescimento a partir de 2022

A próxima geração do ESG

Sustentabilidade

A próxima geração do ESG

A governança ambiental, social e corporativa ganha ainda mais espaço com a chegada de novas startups e criação de novos negócios no pós-pandemia

Por Soraia Yoshida
Ainda é cedo para falar de dados e IA no mundo ESG?

Internet das Coisas

Ainda é cedo para falar de dados e IA no mundo ESG?

A principal causa das falhas ESG está nos dados: a falta deles, de padrões e de compreensão de como usá-los. A IA tem um papel relevante no combate ao greenwashing

Por Cristina De Luca
As 6 tendências que estão moldando os negócios do futuro

Inovação

As 6 tendências que estão moldando os negócios do futuro

As transformações em curso no mundo dos negócios estão forçando as empresas a repensar os seus modelos operacionais.

Por Johnny Wood, Fórum Econômico Mundial
Como ESG se tornou uma prioridade para investidores

Tendências

Como ESG se tornou uma prioridade para investidores

Desempenho e volume de investimentos em fundos de sustentabilidade cresce no mundo

Por João Ortega