s
Crédito: Montagem The Shift
LIDERANÇA

A Inteligência Cultural (CQ) é indispensável às empresas

Porque no ambiente de negócios de hoje, já não é aceitável apenas valorizar ou entender a própria cultura ou ponto de vista. Devemos ser pensadores estratégicos com uma visão diversa de mundo.

Tradicionalmente, as organizações colocam ênfase no Quociente de Inteligência (QI) ou Quociente Emocional (QE). Mas com a força de trabalho tornando-se cada vez mais global e a diversidade crescente de funcionários com os quais interagimos com mais regularidade, muitos analistas acreditam que a próxima questão a compreender e a abraçar totalmente seja o Quociente Cultural (QC).

Muitas vezes referido como “inteligência cultural”, o QC refere-se à nossa capacidade de trabalhar efetivamente em situações culturalmente diversas. Alguém que é culturalmente inteligente não está apenas ciente da diversidade; pode se relacionar com (e, quando apropriado, adaptar-se) às pessoas de diferentes raças, gêneros, culturas, idades, religiões, orientações sexuais, crenças políticas, status socioeconômicos, deficiências e assim por diante.  Resumindo, a capacidade de trabalhar com pessoas de diferentes origens e experiências de vida é crucial para ter sucesso ao se tornar parte de um equipe e/ou uma liderança.

Na prática, as pessoas culturalmente inteligentes são:

  • Curiosas e de mente aberta
  • Empáticas e emocionalmente inteligentes
  • Colaborativas
  • Comunicadoras eficazes
  • Adaptáveis e flexíveis

Este é um conteúdo exclusivo para assinantes.

Cadastre-se grátis para ler agora
e acesse 5 conteúdos por mês.

É assinante ou já tem senha? Faça login. Já recebe a newsletter? Ative seu acesso.

O fim do sistema de comando e controle

Entrevista

O fim do sistema de comando e controle

Dani Plesnik, diretora de Talent & Culture da Deloitte aposta na criação de um ambiente de trabalho emocionalmente seguro, menos hierárquico. Um espaço para conexão que viabilize o trabalho em rede. "Não é rocket science", diz ela....

Teletrabalho: adoção ignora legislação

Gestão

Teletrabalho: adoção ignora legislação

Lei 14.442/22 foi sancionada, porém, em nada favoreceu a busca das empresas por uma equação que equilibre a produtividade e o bem estar dos trabalhadores em ambiente remoto ou híbrido.

A Inteligência Cultural (CQ) é indispensável às empresas

Liderança

A Inteligência Cultural (CQ) é indispensável às empresas

Porque no ambiente de negócios de hoje, já não é aceitável apenas valorizar ou entender a própria cultura ou ponto de vista. Devemos ser pensadores estratégicos com uma visão diversa de mundo.

O desafio laboral da realidade virtual

Gestão

O desafio laboral da realidade virtual

Pesquisadores mapeiam desconfortos físicos e psicológicos que, hoje, impedem a produtividade neste ambiente. Frustração, fadiga visual, enxaqueca, náusea e ansiedade são citados.

Trabalho flexível: startups fazem o match entre freelancers e empresas

Tendências

Trabalho flexível: startups fazem o match entre freelancers e empresa...

Marketplaces de profissionais apostam na formação de squads com profissionais independentes para acelerar o desenvolvimento dos projetos nas organizações.

Energia, desmatamento e net zero: foco ESG das corporações, em 2022

Sustentabilidade

Energia, desmatamento e net zero: foco ESG das corporações, em 2022

Europa lidera a corrida pela redução de emissões e China começa a despertar para as metas de 2050