s
Crédito: Pixabay

INTELIGÊNCIA ARTIFICIAL

Reconhecimento facial vira prova em ação nos EUA

A própria existência do sistema era desconhecida pelos advogados, mas de acordo com a Polícia de Washington, deu "match" no sistema

Por Redação The Shift 04/11/2020

A polícia de Washington usou o sistema de reconhecimento facial para identificar e acusar um manifestante de agredir um policial. Um vídeo no Twitter foi usado como base para capturar uma imagem e compará-la com o database do sistema, que contém um banco de dados de 1,4 milhão de imagens. A polícia prendeu Michael Joseph Peterson Jr com base no “match” feito pelo software – e ele foi a julgamento.

Essa seria a primeira vez que a polícia reconhece para um réu e para o público que usou a tecnologia de IA biométrica para identificar um manifestante, segundo reportagem do Washington Post.

Nos autos da justiça, consta a admissão do uso do sistema National Capital Region Facial Recognition Investigative Leads System (NCRFRILS), cuja própria existência teria sido uma surpresa para os advogados de defesa. O caso está ganhando notoriedade por ser mais um entre tantos em que autoridades usaram o software de reconhecimento facial para identificar manifestantes. O sistema já foi usado mais de 12 mil vezes desde 2019 por policiais, investigadores e membros de 14 agências locais e federais.

Conteúdo exclusivo para membros da The Shift

Aproveite a Cyber Week e assine

Reconhecimento facial vai contra a privacidade e a individualidade

Inteligência Artificial

Reconhecimento facial vai contra a privacidade e a individualidade

Projeto interativo How Normal Am I discute os problemas de usar Inteligência Artificial para determinar padrões sociais com base na aparência

Por Redação The Shift
O reconhecimento facial no mundo

Segurança

O reconhecimento facial no mundo

As empresas de reconhecimento facial contam com “passaportes de imunidade” para coronavírus, uma aplicação que ajuda no combate ao vírus, mas levanta questionamentos sobre privacidade

Por Redação The Shift
IA pode ajudar a resolver problemas de privacidade

Inteligência Artificial

IA pode ajudar a resolver problemas de privacidade

As técnicas para detectar ataques de hackers dependem de padrões. Esse é o tipo de coisa em que a IA se destaca: estudar informações para reconhecer padrões em novos dados

Por Zhiyuan Chen e Aryya Gangopadhyay, The Conversation