s
A FACTS-NFT oferece mais de 20 checagens históricas Crédito: Reprodução

INOVAÇÃO

Fact-Checkers lançam plataforma para venda de NFT

A ideia do grupo é atingir uma nova audiência e alavancar um novo modelo de financiamento e atuação conjunta para a luta contra a desinformação

Por Cristina De Luca 02/04/2021

Uma das questões mais instigantes do mercado dos NFT (Non-Fungible Tokens) é o será possível fazer com eles. Pois um grupo internacional de empresas de checagem de fatos encontrou uma forma bastante criativa para financiar o seu trabalho e, de quebra, demonstrar a importância do jornalismo profissional. Neste 2 de abril, Dia Internacional da Checagem, a International Fact-Checking Network (IFCN), eles estão lançando a plataforma FACTS-NFT.

A iniciativa reúne fact-checkers de quatro continentes: Agência Lupa (Brasil), Lead Stories (Estados Unidos), Newtral (Espanha) e Taiwan FactCheck Center (Taiwan). O grupo selecionou pouco mais de 20 checagens históricas se seus acervos, sobre assuntos diversos, como política, saúde, meio ambiente e celebridades.

Cada um desses tokens inclui uma serie de dados sobre a checagem em si (título, URL, informações extras sobre bastidores da apuração, comentários do profissional encarregado da checagem, etc) e é acompanhado de contrato inteligente que dá ao comprador a sua posse e o direito de doá-lo ou revendê-lo para outra pessoa no mercado das criptomoedas. No caso da revenda, a partir da mesma plataforma da compra, a empresa de checagem recebe 8,2% da venda, excluídas as taxas geralmente cobradas por transação.

Receba grátis nossa newsletter

O grupo aposta no interesse de pesquisadores, historiadores e pessoas interessadas em uma maneira nova e estimulante de apoiar financeiramente o trabalho dos checadores de fatos, tornando-se publicamente patronas ou colecionadoras de uma ou mais checagens históricas e notáveis.

Cada checagem da primeira coleção da FACTS-NFT será negociada a 0.05 ETH (aproximadamente R$ 500), inicialmente na modalidade de venda direta. Para adquiri-las, basta seguir atentamente o passo a passo disponível no site da iniciativa.

“O leilão está previsto, mas ainda estamos estudando alguns modelos”, explica Gabriel Rondon, consultor de blockchain, com grande experiência com produtos criptográficos, como Kraken, Kraken Futures e Bitfinex, hoje sediado em Paris.

“O mais preciso nessa iniciativa é a pessoa estar contribuindo para o suporte financeiro das checagens. Os verdadeiros defensores do fact-checking sabem o valor desse trabalho”, comenta ele.

A verificação de fatos é um processo jornalístico que está crescendo globalmente como forma de combate à crescente onda de desinformação. Existem pelo menos 300 organizações de verificação de fatos no mundo. Esses grupos costumam ser financeiramente mal atendidos e fortemente dependentes de plataformas de mídia social (para doações e apoio a projetos). A plataforma de NFT é um tentativa de criar um um novo fluxo de receita sustentável e, ao mesmo tempo, gerar buzz entre os cidadãos interessados ​​em apoiar esse trabalho através de um novo investimento.

Dá para ganhar dinheiro com NFT?

Tendências

Dá para ganhar dinheiro com NFT?

O NFT está sendo explorado por artistas gráficos, músicos, empresas de games, esportistas e influenciadores digitais

Por Soraia Yoshida
Empresas também podem lucrar com a onda NFT

Tendências

Empresas também podem lucrar com a onda NFT

Seja por intermédio de campanhas de marketing ou de criação de um novo negócio, há benefícios para aquelas que forem criativas e precavidas quanto aos meandros legais

Por Cristina De Luca
NFTs democratizam investimentos e financiam projetos independentes

Blockchain

NFTs democratizam investimentos e financiam projetos independentes

Tokenização de obras de arte está tornando o mercado mais seguro e democrático, embora ainda exista a possibilidade de fraude

Por João Ortega