s
Crédito: Pixabay

INOVAÇÃO

5 motivos para fazer inovação aberta

No Brasil, 83% das empresas acreditam precisar de inovação para se destacar no período pós-pandemia, porém apenas duas em cada dez já apresentam estratégias de associação com o ecossistema de startups

Por Redação The Shift 22/09/2020

Na Nova Economia, inovação não fica restrita a um universo à parte onde ficam as startups. Pelo contrário, é essencial para o sucesso da economia compartilhada a construção conjunta da inovação entre corporações e startups. Este movimento, conhecido como inovação aberta, vem amadurecendo no Brasil nos últimos anos e foi acelerado pela Covid-19.

Neste cenário, 83% das empresas no Brasil acreditam precisar de inovação para se destacar no período pós-pandemia, porém apenas duas em cada dez já apresentam estratégias de associação com o ecossistema de startups. A Liga Ventures é uma das organizações que visa diminuir essa lacuna, conectando as duas pontas da colaboração. Nesta terça-feira (21), começa o evento virtual Liga Open Innovation Summit, que está com inscrições abertas e traz três dias de discussões com personalidades relevantes do ecossistema nacional.

Raphael Augusto, startup hunter da Liga Ventures e um dos organizadores do evento, listou em entrevista exclusiva à The Shift os cinco principais motivos pelos quais grandes corporações estão aderindo à inovação aberta. Mas, antes, o especialista ressalta: “inovação é um hábito, um processo. Não é uma iniciativa isolada. É um movimento em que você semeia diversas ações internas e externas para colher os resultados e capturar valor real”.

Receba nossa newsletter
  1. Resolução de problemas específicos: startups são especialistas em seus mercados e têm alta capacidade de solucionar problemas particulares de corporações mais abrangentes;
  2. Explorar novos mercados: empresas podem se valer da agilidade de startups para testar novos produtos sem a lentidão habitual de seus processos internos;
  3. Acesso a talentos: o ecossistema de startups está recheado de profissionais com habilidades relevantes para o mercado atual, especialmente na área de tecnologia;
  4. Inovar com agilidade: troca de experiência e conhecimento com startups acelera a transformação cultural;
  5. Ganhos futuros: em caso de aquisição ou investimento, corporações podem lucrar com as startups parceiras.

Cloud Computing leva disputa das big techs para o espaço

Inteligência Artificial

Cloud Computing leva disputa das big techs para o espaço

Microsoft, Google e Amazon têm planos de explorar o filão da computação em nuvem e da internet interplanetária. Mas há outras empresas de olho nos negócios fora da Terra

Por Soraia Yoshida
Compartilhar dados é bom para os negócios

Inovação

Compartilhar dados é bom para os negócios

Mesmo quando evidências apontam que todo mundo que participar pode sair ganhando, a mentalidade de data sharing ainda está emperrando na questão da confiança

Por Redação The Shift
Chegou a hora de rever o conceito de inovação bem-sucedida

Inovação

Chegou a hora de rever o conceito de inovação bem-sucedida

O ponto ideal de inovação deveria ser o Santo Graal de todas as empresas. Para aquelas que já os perseguem, há um novo critério: a integridade do produto ou serviço inovador

Por Redação The Shift
Previsões do Gartner para usuários de TI nos próximos 5 anos

Inovação

Previsões do Gartner para usuários de TI nos próximos 5 anos

As tecnologias que conduzirão à redefinição de tudo têm três pontos em comum: promovem maior inovação e eficiência; são mais eficazes que as atuais; e transformarão a sociedade

Por Redação The Shift
Futuro do trabalho: habilidades e empregos que estarão em alta

Inteligência Artificial

Futuro do trabalho: habilidades e empregos que estarão em alta

O relatório do WEF aponta que a pandemia acelerou os processos de adoção de novas tecnologias em várias frentes, o que deve levar ao fechamento de milhões de empregos

Por Soraia Yoshida
Governo encaminha ao Congresso o anteprojeto do marco legal das startups

Inovação

Governo encaminha ao Congresso o anteprojeto do marco legal das startu...

PL busca simplificar a criação de empresas inovadoras, estimular o investimento em inovação e facilitar a contratação de soluções inovadoras pelo Estado

Por Redação The Shift -