s
ENTREVISTA

Uma artífice da química entre pessoas

Na BASF, Ornella Nitardi, responsável pelo Centro de Experiências Científicas e Digitais onono, tem a missão combinar o melhor da companhia com o melhor do ecossistema de inovação aberta

Há três anos, a BASF criou sua primeira estrutura de cocriação e transformação digital na América do Sul, o Centro de Experiências Científicas e Digitais onono, que se tornou um canal importante de relacionamento e colaboração da BASF e seus programas de inovação com clientes, parceiros e todo ecossistema da região. Em julho do ano passado, ainda durante as restrições da pandemia, a ítalo-argentina Ornella Nitardi asssumiu o desafio de gerenciar o centro — com a missão de expandir ainda mais o seu alcance.

Formada em Relações Internacionais pela Universidad Torcuato Di Tella, Ornella é pós-graduada em Gestão da Inovação e Tecnologia pela Universidad Austral, ambas na Argentina, e Master em Desenvolvimento Sustentável e Responsabilidade Corporativa pela Escuela de Organización Industrial da Espanha. Há 11 anos na BASF, desembarcou no Brasil no início deste ano, expatriada do Chile, onde liderou a estratégia de transformação digital para os países andinos com foco na comunicação e no contato com os ecossistemas digitais, atuando como gerente de Relações Institucionais e Sustentabilidade.

Credenciais mais que suficientes para consolidarmos o onono como ponto focal para os esforços de inovação colaborativa da companhia, indo além da oferta de soluções químicas.

Este é um conteúdo exclusivo para assinantes.

Cadastre-se grátis para ler agora
e acesse 5 conteúdos por mês.

É assinante ou já tem senha? Faça login. Já recebe a newsletter? Ative seu acesso.

Chega de embromação:

Entrevista

Chega de embromação: "temos que colocar dinheiro nas mãos das mulhe...

Para a CEO da socialtech B2Mamy, Dani Junco, só o dinheiro liberta. Por isso, as startups e as iniciativas de apoio ao empreendedorismo feminino devem receber mais cheques.

Inteligência Artificial

"Temos o dever de nos preocupar"

Em entrevista à The Shift, Reggie Townsend, diretor da prática de ética em dados do SAS, fala sobre o imperativo da ética para a IA e sobre ter um "viés positivo" nas aplicações de impacto.

Habilidades socioemocionais preparam as empresas para o futuro

Entrevista

Habilidades socioemocionais preparam as empresas para o futuro

Filip De Fruyt, Professor da Universidade de Ghent, na Bélgica e membro do conselho científico do eduLab 21, do Instituto Ayrton Senna, explica, em entrevista exclusiva à THE SHIFT, que perfis profissionais estão mais aptos a enfrentar...

Jeeves, um unicórnio latino-americano que ruge

Entrevista

Jeeves, um unicórnio latino-americano que ruge

Em menos de 18 meses, a Jeeves captou US$ 368 milhões, tem mais de 3 mil clientes e atua em 24 países. Chega ao Brasil para apoiar startups com crédito sem burocracia

O futuro através da cidadania climática

Entrevista

O futuro através da cidadania climática

Paulo Moutinho, cofundador do Instituto de Pesquisa Ambiental da Amazônia - organização não governamental com 30 anos de atividade na Amazônia e no Cerrado - defende que o protagonismo do Brasil na solução climática mundial ocorra a...

Pete Flint:

Entrevista

Pete Flint: "Leve sua empresa para as corredeiras"

Para o investidor de risco Pete Flint, general manager da NFX, as empresas tradicionais e startups precisam seguir os trechos de água rápida do mercado, porque lá estão as tendências de futuro