s
Escritório da Airbnb em San Francisco, na Califórnia Crédito: Reprodução/Facebook
ECONOMIA

Startups aquecem o mercado de ações

Em tempos de crise econômica global, é ainda mais importante ponderar se o anseio pela abertura de capital das empresas tech condiz com a estabilidade financeira do mercado

A pandemia da Covid-19 desacelerou o ritmo de ofertas públicas iniciais (IPOs) nos EUA, especialmente no setor de tecnologia. Empresas levantaram US$ 10 bilhões com novos papéis em bolsa de valores entre janeiro e agosto deste ano com grande participação de biotechs. No entanto, o segundo semestre será bem mais movimentado em Wall Street.

Diversas startups já se prepararam para abrir o capital até o fim de 2020. São os casos de Airbnb, Snowflake Computing, DoorDash e Instacart. Juntas, as empresas estão avaliadas em mais de US$ 60 bilhões. A última semana de agosto foi marcada por uma série de pedidos por IPO nos EUA diante do otimismo do mercado norte-americano e as altas valuations no setor de tecnologia. Na lista estão a Asana, a Palantir, a Amwell, e a Unity, entre outras.

Em tempos de crise econômica global, é ainda mais importante ponderar se o anseio pela abertura de capital das empresas tech condiz com a estabilidade financeira do mercado - para além das especulações de Wall Street - e com a capacidade das startups entregarem resultado. Os casos recentes da Uber e Lyft ligam o alerta neste sentido.

Este é um conteúdo exclusivo para assinantes.

Cadastre-se grátis para ler agora
e acesse 5 conteúdos por mês.

É assinante ou já tem senha? Faça login. Já recebe a newsletter? Ative seu acesso.

Mercado de apps é o novo alvo antistruste

Economia

Mercado de apps é o novo alvo antistruste

O governo norte-americano abriu fogo contra Google e Apple ontem, através da divulgação de uma crítica do Departamento de Comércio à falta de concorrência no mercado de aplicativos móveis. Na visão dos técnicos, o modelo praticado...

Cogumelado: funghi-based é outra alternativa para a carne

Startups

Cogumelado: funghi-based é outra alternativa para a carne

Com produtos enlatados, hambúrguer e linguiça de cogumelo, a foodtech Cogumelado quer trazer uma boa experiência para quem busca comer menos carne.

Alinhadas com o ESG, startups de impacto querem solucionar problemas

Startups

Alinhadas com o ESG, startups de impacto querem solucionar problemas

O ecossistema brasileiro de startups de impacto está ganhando forma. As soluções podem ajudar empresas a atingirem as metas ESG e governos a lidarem com questões socioambientais

Startups impulsionam geração de melhores serviços de Open Finance

Fintechs

Startups impulsionam geração de melhores serviços de Open Finance

Os dados são centrais no Open Finance, mas nem sempre os bancos conseguem gerar valor a partir das informações. Startups ajudam a criar melhores produtos de finanças abertas com a conversão de dados dos usuários em insights.

Brasil pode ser um polo de deep techs

Inovação

Brasil pode ser um polo de deep techs

O Brasil tem potencial de ser destaque em alguns temas, como biodiversidade e saúde. É essencial aproximar a ciência do mercado e sistematizar uma estratégia para fomentar a formação de um ecossistema nacional de soluções.

Visibilidade deve ser uma prioridade na logística

Entrevista

Visibilidade deve ser uma prioridade na logística

A visibilidade de ponta a ponta das cadeias de suprimento aumenta a resiliência das operações logísticas, como explica Bart De Muynck, Chief Industry Officer da project44, em entrevista à THE SHIFT. Entretanto, o setor ainda é resiste...