s

INTELIGÊNCIA ARTIFICIAL

Previsões para Data Analytics em 2021

Small Data e Wide Data resolvem uma série de problemas para organizações que lidam com questões cada vez mais complexas em IA

A transição do Big Data para o small data e o wide data é uma das principais tendências de Data Analytics este ano, de acordo com o Gartner.  Eles resolvem uma série de problemas para organizações que lidam com questões cada vez mais complexas em IA.

Outro destaque do ano será o XOps (dados, aprendizado de máquina, modelo, plataforma), que busca ganhos de eficiência e economias de escala usando as práticas recomendadas de DevOps – além de garantir confiabilidade, capacidade de reutilização e repetibilidade, reduzindo a duplicação de tecnologia e processos e permitindo a automação.

A ascensão do que o Gartner chama de Augmenter Consumer também estará em alta. Estamos falando da substituição dos antigos dashboards por insights automatizados, conversacionais, móveis e gerados dinamicamente, personalizados para as necessidades dos usuários.

Receba grátis nossa newsletter

De acordo com a consultoria, cada uma dessas – e de outras 7 tendências recém divulgadas – se encaixa em um destes três temas principais, que deverão estar no radar dos C-leves e de suas equipes:

  • Alavancar inovações em IA, e ter uma melhor composição e integração mais ágil e eficiente de fontes de dados mais diversas.
  • Permitir uma melhor tomada de decisão e transformar dados e análises em parte integrante do negócio.
  • Flexibilizar as relações entre dados e percepções para capacitar um público ainda mais amplo.

“Essas tendências de dados e análises podem ajudar as organizações e a sociedade a lidar com mudanças disruptivas, incertezas radicais e as oportunidades que elas trazem nos próximos três anos”, disse Rita Sallam , Distinguished VP Analyst do Gartner. “Os líderes de dados e análise devem examinar de forma proativa como aproveitar essas tendências em investimentos de missão crítica que acelerem suas capacidades de antecipar, mudar e responder aos desafios de negócios.”

Dados são a nova areia, provoca Tim O'Reilly

Tendências

Dados são a nova areia, provoca Tim O'Reilly

Nossos dados individuais não são tão valiosos. Reconhecer isso pode orientar como pensamos sobre seu uso indevido

Por que construir uma AI DAO?

Inteligência Artificial

Por que construir uma AI DAO?

Porque para construir DAOs de sucesso, precisamos de máquinas inteligentes

Por Cristina De Luca
A tecnologia que faz surdos e ouvintes se entenderem

Inteligência Artificial

A tecnologia que faz surdos e ouvintes se entenderem

Com o uso de Inteligência Artificial, a startup alagoana Hand Talk traduz português e inglês em línguas de sinais. O propósito é reduzir as barreiras de comunicação entre surdos e ouvintes, como conta o CEO Ronaldo Tenório

Por Marina Hortélio
E a IA começa a se tornar onipresente, de fato

Inteligência Artificial

E a IA começa a se tornar onipresente, de fato

Com TinyML, qualquer objeto, por menor que seja, se tornará inteligente. A tecnologia permite fazer mais com menos espaço e poder computacional

Por Cristina De Luca
Chegou a hora de quebrar os silos de dados

Inteligência Artificial

Chegou a hora de quebrar os silos de dados

A boa notícia para a indústria de dados e IA é que os data warehouses, os data lakes e as lakehouses estão crescendo muito rápido, em escala

Por Cristina De Luca
Por uma IA que trabalhe melhor com o português

Inteligência Artificial

Por uma IA que trabalhe melhor com o português

Centro de Inteligência Artificial da USP, em parceria com a Fapesp e a IBM, se prepara para liberar três conjuntos de dados open source para treinamento de modelos NLP no nosso idioma

Por Cristina De Luca