s
Crédito Canva
STARTUPS

O Vale do Silício ainda é relevante para as startups?

Com o aumento dos hubs de inovação ao redor do mundo, vem havendo uma diluição do seu impacto. É possível reverter essa tendência?

Por Silvia Bassi 11/04/2023

Com tanta confusão em torno de founders, VCs e empresas do Vale do Silício, uma pergunta sempre surge: o Vale continua relevante para novas startups? Nos últimos meses, mais de uma dezena de artigos lançaram a mesma pergunta, e as respostas convergem em alguns pontos.

Sim, a aura de inovação continua lá, os gordos recursos também, mas, não, ele não é mais tão relevante para o ecossistema de startups quanto era há três anos. E tende a reduzir esse impacto na medida da proliferação de hubs de inovação e novas regiões de investimento em startups de tecnologia no mundo todo. Além disso, a crise econômica pesou a mão, com juros mais altos e menos dinheiro saindo do caixa dos VCs.

A pandemia também fez a sua parte. “As startups perceberam que podem existir em qualquer lugar, e não precisam estar no Silicon Valley para ficar perto de talentos, investidores e consultores”, diz Ari Lightman, professor de mídia digital e marketing no Heinz College of Information Systems and Public Policy, da Carnegie Mellon University,  em uma entrevista à Information Week.

Este é um conteúdo exclusivo para assinantes.

Cadastre-se grátis para ler agora
e acesse 5 conteúdos por mês.

É assinante ou já tem senha? Faça login. Já recebe a newsletter? Ative seu acesso.

Radiografia dos negócios de impacto no Brasil

Startups

Radiografia dos negócios de impacto no Brasil

O primeiro relatório "Startup de Impacto Report Brasil" do Observatório Sebrae de Startups apresenta o panorama das principais startups de impacto no Brasil.

O negócio de fechar startups

Startups

O negócio de fechar startups

Empresas especializadas em fechar startups, como a Sunset e SimpleClosure, estão recebendo investimentos de milhões de dólares mostrado o início de um novo mercado.

O sucesso está na cabeça dos fundadores

Startups

O sucesso está na cabeça dos fundadores

Um novo estudo científico sobre startups dá uma nova dimensão à frase "personalidade de sucesso"

Scale-ups para ficar de olho em 2024

Startups

Scale-ups para ficar de olho em 2024

Scale-ups são startups que chegaram à vida adulta e crescem, no mínimo 20% ao ano, sua receita recorrente. Sua habilidade de escalar os negócios merece ser estudada pelas empresas tradicionais, já que apenas uma em cada 200 startups ch...

2024, o ano dos unicorpses

Startups

2024, o ano dos unicorpses

Dez anos depois que o termo Unicórnio foi estabelecido o cenário atual está cada vez mais difícil para as startups conseguirem prosperar no mercado gerando vários “unicorpses”

Para onde correm os unicórnios?

Startups

Para onde correm os unicórnios?

Aileen Lee, sócia da Cowboy Ventures, dez anos depois de seu artigo "Welcome to the unicorn club" escreve uma nova análise sobre o futuro dessas empresas