s
Crédito:
INTELIGÊNCIA ARTIFICIAL

Machine Learning e distanciamento social

Não basta apenas oferecer equipamento de proteção. As grandes companhias, incluindo aí Amazon e Foxconn, estão adotando também machine learning para monitorar seus funcionários

Anote aí: o Machine Learning é o coração do novo detector de distanciamento social criado pela startup Landing AI, de Andrew Ng. A ferramenta foi projetada para ser usada em ambientes de trabalho, como chão de fábrica, e foi desenvolvida em resposta à solicitação de seus clientes (incluindo a Foxconn). Uma de suas vantagens é a possibilidade de poder ser facilmente integrada aos sistemas de câmeras de segurança existentes.

Funciona da seguinte maneira: a imagem que vem da câmera (homografia) é unida à perspectiva para ter um ponto focal – que a Landing AI chama de calibragem. À medida que os frames das imagens são monoculares (advindos de uma única câmera), o método de calibragem mais simples envolve quatro pontos na visão de perspectiva e os mapeia para os cantos de um retângulo na visão do alto. Com isso, o software assume que cada pessoa está em pé no mesmo plano. A partir desse mapeamento, o sistema deriva uma transformação que pode ser aplicada à perspectiva completa da imagem. Os passos seguintes são aplicar as medidas, ou seja, qual distância as pessoas deveriam manter umas das outras, e o software estima sua localização, faz a calibragem e aplica todo o processo. As pessoas que estão mais próximas do que seria o ideal aparecem com retângulos vermelhos ao redor.

https://www.youtube.com/watch?v=15iIV1Lff-M&feature=youtu.be[/embed]

Este é um conteúdo exclusivo para assinantes.

Cadastre-se grátis e tenha acesso a 5 conteúdos por mês.

É assinante ou já tem senha? Faça login. Já recebe a newsletter? Ative seu acesso.

Responsabilidade pela ética da IA é dos C-levels

Inteligência Artificial

Responsabilidade pela ética da IA é dos C-levels

À medida que a adoção da IA ​​aumenta rapidamente, é fundamental que a ética da IA ​​progrida de teorias abstratas para práticas concretas, sob a batuta dos executivos das áreas de negócios

Personalização e IA andam de mãos dadas

Inteligência Artificial

Personalização e IA andam de mãos dadas

A tecnologia ajuda a compreender as necessidades específicas de cada consumidor e a estabelecer uma comunicação direta e eficaz, para melhorar o relacionamento entre marca e cliente

A Inteligência Artificial e seus três eixos regulatórios

Inteligência Artificial

A Inteligência Artificial e seus três eixos regulatórios

A ética dos dados, a ética dos algoritmos e a ética das práticas devem embasar as propostas de legislação que busquem provocar a internalização de conceitos de “certo” ou “errado”

Por Gustavo Artese*, especial para The Shift
NIST aponta caminhos para reduzir o viés da IA

Inteligência Artificial

NIST aponta caminhos para reduzir o viés da IA

Frequentemente visto como um problema técnico, estudo reconhece que grande parte do problema decorre de vieses humanos, sistêmicos e institucionais. E aponta formas de resolvê-los

A Inteligência Artificial precisa passar de tática a estratégica

Inteligência Artificial

A Inteligência Artificial precisa passar de tática a estratégica

E o caminho pode estar na maior conscientização das lideranças executivas sobre os benefícios da tomada de decisão aprimorada pela tecnologia

Conversas indispensáveis sobre ética e IA

Inteligência Artificial

Conversas indispensáveis sobre ética e IA

Sem que essas conversas aconteçam, será difícil passar das preocupações abstratas para os planos acionáveis