s
GESTÃO

O custo do atraso e a arte da priorização

Para tomar decisões, precisamos compreender o quão valioso e o quão urgente algo é.

Já sentiu que não há horas suficientes no dia para fazer tudo? Entre trabalho, obrigações pessoais e emergências inesperadas, pode ser um desafio manter-se em dia com a lista de tarefas. É aí que entra a priorização — dominar a arte de decidir quais tarefas são mais importantes e concentrar sua energia em concluí-las primeiro.

Muitos fatores influenciam como priorizamos nossas tarefas. Algumas pessoas baseiam suas decisões na urgência, enquanto outras podem focar mais na importância. Outras podem optar por priorizar com base em prazos ou no impacto potencial que uma tarefa pode ter. Não importa quais critérios você use para determinar suas prioridades, o segredo é ser intencional, dizem os consultores da Impacter Education Corporation.

Ao adotar uma abordagem deliberada de priorização, você estará melhor equipado para gerenciar seu tempo de maneira eficaz, atingir seus objetivos e evitar o que Joshua Arnold, CEO da Impacter, define como custo do atraso, aferido a partir de seus dois ingredientes essenciais: o valor (nem sempre financeiro) e a urgência.

Este é um conteúdo exclusivo para assinantes.

Cadastre-se grátis para ler agora
e acesse 5 conteúdos por mês.

É assinante ou já tem senha? Faça login. Já recebe a newsletter? Ative seu acesso.

O que torna o feedback tão difícil?

Liderança

O que torna o feedback tão difícil?

A dor de descobrir lacunas profundas provoca fortes emoções e aciona gatilhos indesejados. Às vezes, a hesitação em aceitar essas lacunas vem das reservas que temos com a pessoa que as apontou

Mais princípios, menos conflitos

Gestão

Mais princípios, menos conflitos

Quando as empresas enfrentam decisões difíceis, princípios bem articulados podem ajudá-las a fazer melhores escolhas. Mais do que declarações vazias se missão e valores. E o que define os princípios?

O custo do atraso e a arte da priorização

Gestão

O custo do atraso e a arte da priorização

Para tomar decisões, precisamos compreender o quão valioso e o quão urgente algo é.

Cultura de Design Responsável. Você tem?

Tendências

Cultura de Design Responsável. Você tem?

Se quisermos tornar as nossas empresas preparadas para o futuro, temos de mudar o nosso foco de proporcionar a melhor experiência para “ter um impacto significativo na sociedade e no ambiente".

Privilegie o feedforward

Gestão

Privilegie o feedforward

De olho no aprendizado contínuo e na inovação, metodologia começa a destronar o feedback nas avaliações de pessoas. Parece só uma troca de palavras, mas é não é. E pode gerar excelência.

Chief Heat Officer, a nova liderança de combate ao calor extremo

Tendências

Chief Heat Officer, a nova liderança de combate ao calor extremo

Sete cidades, em diversos países, nomearam mulheres para o cargo, cuja missão é coordenar esforços públicos e das empresas para mitigar os efeitos das mudanças climáticas na saúde e na economia.