s
Noam Bardin CEO do Waze (divulgação)
ENTREVISTA

Mudando a cidade, uma carona por vez

Noam Bardin, CEO do Waze, não acredita que os carros autônomos possam mudar o mundo, mas afirma que os carros autônomos são uma invenção maravilhosa

Por Silvia Bassi 08/11/2019

Noam Bardin, CEO do Waze, o aplicativo de mobilidade usado por mais de 130 milhões de pessoas mensalmente, não acredita que os carros autônomos possam mudar o mundo. Veja bem, ele afirma que os carros autônomos são uma invenção maravilhosa. Mas acredita que é o usuário, quem de fato muda o mundo. "Se usarmos o carro autônomo do mesmo jeito que usamos os carros regulares, com uma pessoa só em cada carro, não vamos resolver o problema da mobilidade urbana".

Por isso quer mudar o mundo já, antes que os carros autônomos cheguem. E isso passa por convencer as pessoas a dar carona com o Waze Carpool, o projeto atual mais importante da companhia, que propõe um modelo de carona que gera pagamento para o motorista e pretende ocupar os quatro bancos vazios dos carros que circulam na cidade. O Waze Carpool foi lançado no Brasil em agosto de 2018 e já gerou 2 milhões de caronas, um número fora da curva comparado com a adesão no resto do mundo.

Bardin esteve no Brasil esta semana para participar de um evento de mobilidade e para anunciar que São Paulo será a primeira cidade global a ter totens de embarque e desembarque e uma área de parklet - uma extensão da calçada para servir como espaço de convívio e, também, como referência aos carpoolers - ligada ao aplicativo. Não por acaso, já que São Paulo é a cidade número 1 em uso de Waze no mundo.

Este é um conteúdo exclusivo para assinantes.

Cadastre-se grátis para ler agora
e acesse 5 conteúdos por mês.

É assinante ou já tem senha? Faça login. Já recebe a newsletter? Ative seu acesso.

As expedições da Darwin pelos trópicos digitais

Entrevista

As expedições da Darwin pelos trópicos digitais

Como o naturalista que inspirou o nome da aceleradora catarinense, Marcos Mueller, CEO da Darwin Startups, lança sua terceira expedição, com R$ 80 milhões em caixa e um novo sócio-investidor

E se você pudesse projetar as funções de um organismo vivo?

Entrevista

E se você pudesse projetar as funções de um organismo vivo?

Foi isso o que Lionel Mora e Patrick Torbey fizeram ao criar a Neoplants, especializada em plantas geneticamente modificadas para purificação do ar em ambientes internos

Caju leva benefícios corporativos ao mundo SaaS

Entrevista

Caju leva benefícios corporativos ao mundo SaaS

Facilitar a vida do RH e dos colaboradores é o grande objetivo da startup, ao oferecer a flexibilidade que o mercado demanda hoje

Como aproveitar as tecnologias emergentes?

Entrevista

Como aproveitar as tecnologias emergentes?

Olivia Merquior, co-fundadora da BRIFW, e Jorge Pacheco, CEO e fundador do State, refletem sobre novas ferramentas imersivas (metaverso, RV, IoT, etc) e como podemos nos preparar para elas

Startup usa a IA para levar grana para o agronegócio brasileiro

Entrevista

Startup usa a IA para levar grana para o agronegócio brasileiro

Aline Pezente, cofundadora da Traive, descobriu como lidar com a complexidade de dados que dificulta o acesso ao crédito para pequenos e médios produtores

Eles querem construir a maior empresa de serviços criativos da América Latina

Entrevista

Eles querem construir a maior empresa de serviços criativos da Améri...

Vitor Filipe e Daniel Dahia, cofundadores da Faster, contam como transformaram a produção criativa do mercado de design para solucionar as dores dos times de marketing

Por Lorena Ortega e Silvia Bassi