s
INTELIGÊNCIA ARTIFICIAL

Na bola de cristal para 2024, a nova Licença Social

Mais que nunca as empresas passarão a depender de uma licença social digital, que contemple privacidade, segurança da informação e governança em Inteligência Artificial.

Por Gustavo Artese * 10/01/2024

Nós, humanos, portadores de inteligência natural, adoramos saber o que vem pela frente.  Não à toa ciganas, horóscopo, quiromancia, búzios e tarot raramente saem de moda. Trata-se de herança de nossa evolução. Nossos cérebros são máquinas finamente ajustadas para projetar, tanto oportunidades, quanto riscos.  Quer fazer sucesso com um contatinho?  Declare suas habilidades em futurologia com confiança.  Confie em mim; a leitura do artigo dará boa indicação do que nos espera.

É impossível projetar sem olhar para trás. O fio da meada de 2024 passa necessariamente por 2023, ano marcado pela popularização dos modelos Transformers e da IA Generativa (IAGen), assim como pela consequente corrida para sua adoção por organizações de todos os tamanhos e setores. O potencial de alto impacto da tecnologia, rapidamente percebido por lideranças e executivos, levou a hype decorrente de verdadeiro movimento reflexo — a tal da knee jerk reaction.  Nesse contexto, e sem exagero, machine e deep learning já são considerados descobertas históricas da humanidade.

Mas à medida que os meses foram passando, tanto as reais capacidades quanto as limitações da IAGen foram ficando mais claras. A empolgação e a apreensão para “não perder o mais novo e promissor bonde tecnológico” foram sendo substituídas gradualmente pela percepção da necessidade de uma freada estratégica. A constatação quanto à necessidade de investimentos relevantes, os imperativos quanto a treinamento, a dificuldade na escolha dos casos de uso mais adequados ou rentáveis, as limitações e erros inerentes aos LLMs e a necessidade de adequação a requisitos éticos e jurídicos, levaram técnicos e executivos a ajustarem suas estratégias. Aos poucos, a IAGen foi se mostrando tão exigente quanto promissora.  Igualmente se mostrou mais efetiva no longo prazo do que de imediato.

Este é um conteúdo exclusivo para assinantes.

Cadastre-se grátis para ler agora
e acesse 5 conteúdos por mês.

É assinante ou já tem senha? Faça login. Já recebe a newsletter? Ative seu acesso.

Moldando o futuro

Inteligência Artificial

Moldando o futuro

Quer um futuro melhor? Faça, porque ficar esperando que ele aconteça por geração espontânea, só porque alguém previu, não dará boa coisa.

Vale a pena ser gentil com sua IA

Inteligência Artificial

Vale a pena ser gentil com sua IA

Gentileza gera gentileza, e aumenta a qualidade das respostas dos chatbots de IA, revelam pesquisadores da Waseda University

É hora de usar KPIs inteligentes 

Inteligência Artificial

É hora de usar KPIs inteligentes 

O que os KPIs têm a ganhar com a IA? Muito, segundo mais dados do estudo do BCG e da MIT Sloan Review. A começar pelo fato de que passam a olhar para frente, em vez de medir o passado.

A corrida da IA no text-to-video

Inteligência Artificial

A corrida da IA no text-to-video

Nas últimas semanas, OpenAI e o Google revelaram novos modelos e recursos impressionantes, a um ritmo alucinante, cada um deles ampliando os limites do que a IA pode fazer.

Jovens Z encaram a IA sem medo de ser felizes

Inteligência Artificial

Jovens Z encaram a IA sem medo de ser felizes

Os zoomers enxergam a Inteligência Artificial como uma "segunda natureza" e o domínio das ferramentas disponíveis como uma vantagem profissional.

Desafios da união entre IA e Blockchain

Inteligência Artificial

Desafios da união entre IA e Blockchain

Tema de conversas e polêmicas constantes entre especialistas, vem sendo acalentado por gente de peso no ecossistema cripto, como Vitalik Buterin. Há riscos. E não são poucos.