s
Gerado por energia eólica ou solar, o hidrogênio verde é sustentável Unsplash/Appolinary Kalashnikova
INOVAÇÃO

Mercado de hidrogênio: uma oportunidade para investidores no Brasil

A indústria de hidrogênio está em desenvolvimento, então, quem investir nesse momento pode maximizar os lucros no futuro

Por Marina Hortélio 17/08/2021

É preciso reduzir as emissões de CO2 e o uso de hidrogênio para a produção de energia é uma das apostas para um futuro mais verde. A substância ganhará espaço na matriz energética e quem quer lucrar com a adoção dessas tecnologias deve aproveitar que o mercado ainda está em desenvolvimento para fazer investimentos. É com essas perspectivas que a Vitreo lançou o Vitreo Hidrogênio FIA, na semana passada.

“Existe um fator de urgência. Esse mercado de hidrogênio já está aquecido, as pessoas já estão querendo investir nele. Assim, quanto mais tempo você esperar, mais as pessoas já terão investido e o preço estará menos interessante para o nível de risco do investimento”, explica o analista da Empiricus e um dos autores da tese que ajudou a embasar o fundo, Matheus Spiess.

Para ampliar os ganhos, os investidores deveriam se adiantar. Os países estão ampliando o investimento e o comprometimento com a sustentabilidade em 2021 e 2022 e, além disso, o relatório do IPCC sobre o aquecimento global traz ainda mais urgência para o tema. É preciso ter consciência, porém, que o retorno financeiro é de longo prazo — ainda não se sabe quando, para ser mais exato.

Conteúdo exclusivo para membros da The Shift

Aproveite a promoção e assine

Entrevista

"Na economia digital, qualidade é gestão de risco"

Portanto, como um investimento, não como custo, afirma Bruno Abreu, cofundador e CEO da Sofist, que há onze anos vem ajudando empresas brasileiras a valorizarem mais a cultura da qualidade

Por Cristina De Luca
2021 já tem quase tantos unicórnios quanto 2020 e 2019 juntos

Startups

2021 já tem quase tantos unicórnios quanto 2020 e 2019 juntos

Com as 219 empresas incorporadas à lista da CB Insigths nesse primeiro semestre, o mundo passa a contar agora com 728 startups avaliadas em US$1 bilhão ou mais; 12 delas brasileiras

Por Cristina De Luca
4 startups brasileiras se destacam em inovação sustentável

Inovação

4 startups brasileiras se destacam em inovação sustentável

Greentechs foram destaque em evento internacional por trabalho em conjunto com grandes empresas visando impacto ambiental positivo

Por Redação The Shift