s
INOVAÇÃO

A importância da inovação escalável

Para criar um “motor de crescimento” para os novos negócios, é preciso uma equipe dedicada que vai gerenciar a construção de vários negócios

A importância da inovação escalável, que permite criar novos negócios, cresceu mais de 70% com a pandemia. É de se esperar, portanto, que as empresas incumbentes busquem cada vez mais copiar alguns modelos das startups. Um levantamento aponta que 41 das 50 maiores empresas públicas do mundo possuem uma aceleradora, incubadora ou fundo venture capital – ou muitas vezes, os três. Também faz sentido que os investimentos de risco tenham tido participação em um quarto de toda a arrecadação de fundos em 2019.

Ainda assim, as histórias de sucesso são raras porque as empresas incumbentes não estão preparadas para absorver esse tipo de inovação rapidamente escalável, aponta o artigo “Escale ou fracasse: como os incumbentes podem industrializar a construção de novos negócios”, da McKinsey. Sua estrutura sedimentada as leva a proteger sua posição no mercado tradicional. Ao contrário das pequenas e médias startups, essas organizações contam com um grande número de colaboradores e uma rede complexa de stakeholders. E embora essas características apresentem vantagens competitivas para um caminho de crescimento incremental e gerenciamento de risco, é totalmente inadequada para criar empreendimentos capazes de se mover com muita agilidade e com alto crescimento.

Para criar um “motor de crescimento” (growth engine) é preciso uma equipe dedicada que vai gerenciar a construção de vários negócios. A vantagem? Com um time menor e dedicado, as ideias tendem a fluir melhor, serem ouvidas e implantadas. E a equipe é capaz de apoiar cada estágio de crescimento, acelerando a jornada.

Conteúdo exclusivo para membros da The Shift

Aproveite a promoção e assine

Palavras têm poder. A linguagem inclusiva também em tech

Diversidade

Palavras têm poder. A linguagem inclusiva também em tech

Hora de revisitar os termos e palavras de tecnologia que podem reforçar preconceito racial ou outro preconceito discriminatório. A Universidade de Washington criou uma lista com 85 deles.

Cartões biométricos prometem revolucionar pagamentos e muito mais

Inovação

Cartões biométricos prometem revolucionar pagamentos e muito mais

E os brasileiros estão entre os primeiros usuários no mundo. Pilotos já estão em andamento no país

Com ETF, Hashdex aposta no DeFi

Inovação

Com ETF, Hashdex aposta no DeFi

As finanças descentralizadas vem ganhando notoriedade com a premissa de disruptarem o setor financeiro.

Por Marina Hortélio
A transformação digital também causa desigualdade

Inovação

A transformação digital também causa desigualdade

As políticas públicas precisam acompanhar os avanços tecnológicos para reduzir as desigualdades causadas pela tecnologia.

Por Zia Qureshi, Banco Mundial
Logtechs digitalizam o transporte rodoviário

Inovação

Logtechs digitalizam o transporte rodoviário

As soluções digitais das startups trazem mais eficiência e transparência para a matriz de transporte mais importante da logística brasileira.

Por Marina Hortélio
C-levels e o paradoxo da inovação

Inovação

C-levels e o paradoxo da inovação

Sem se libertar do passado será impossível percorrer caminhos conhecidos que garantam estabilidade e se permitir encontrar os atalhos que alavancarão a inovação e impulsionarão o futuro