s
INOVAÇÃO

A importância da inovação escalável

Para criar um “motor de crescimento” para os novos negócios, é preciso uma equipe dedicada que vai gerenciar a construção de vários negócios

A importância da inovação escalável, que permite criar novos negócios, cresceu mais de 70% com a pandemia. É de se esperar, portanto, que as empresas incumbentes busquem cada vez mais copiar alguns modelos das startups. Um levantamento aponta que 41 das 50 maiores empresas públicas do mundo possuem uma aceleradora, incubadora ou fundo venture capital – ou muitas vezes, os três. Também faz sentido que os investimentos de risco tenham tido participação em um quarto de toda a arrecadação de fundos em 2019.

Ainda assim, as histórias de sucesso são raras porque as empresas incumbentes não estão preparadas para absorver esse tipo de inovação rapidamente escalável, aponta o artigo “Escale ou fracasse: como os incumbentes podem industrializar a construção de novos negócios”, da McKinsey. Sua estrutura sedimentada as leva a proteger sua posição no mercado tradicional. Ao contrário das pequenas e médias startups, essas organizações contam com um grande número de colaboradores e uma rede complexa de stakeholders. E embora essas características apresentem vantagens competitivas para um caminho de crescimento incremental e gerenciamento de risco, é totalmente inadequada para criar empreendimentos capazes de se mover com muita agilidade e com alto crescimento.

Para criar um “motor de crescimento” (growth engine) é preciso uma equipe dedicada que vai gerenciar a construção de vários negócios. A vantagem? Com um time menor e dedicado, as ideias tendem a fluir melhor, serem ouvidas e implantadas. E a equipe é capaz de apoiar cada estágio de crescimento, acelerando a jornada.

Este é um conteúdo exclusivo para assinantes.

Cadastre-se grátis para ler agora
e acesse 5 conteúdos por mês.

É assinante ou já tem senha? Faça login. Já recebe a newsletter? Ative seu acesso.

B.NOUS: soft skills para estar pronto para o futuro

Carreira

B.NOUS: soft skills para estar pronto para o futuro

As soft skills são fundamentais, mas as empresas ainda tem dificuldades em fomentá-las. A B.NOUS cria trilhas personalizadas de aprendizagem para reduzir as barreiras dessa jornada.

PMEs e startups: parceria incrementa digitalização

Inovação

PMEs e startups: parceria incrementa digitalização

Com mais maturidade digital, as pequenas e médias empresas brasileiras podem beneficiar ainda mais a economia. As startups trazem as soluções para apoiar a digitalização

Chega de embromação:

Entrevista

Chega de embromação: "temos que colocar dinheiro nas mãos das mulhe...

Para a CEO da socialtech B2Mamy, Dani Junco, só o dinheiro liberta. Por isso, as startups e as iniciativas de apoio ao empreendedorismo feminino devem receber mais cheques.

Entre as startups, falta governança corporativa

Liderança

Entre as startups, falta governança corporativa

A recomendação é aplicar práticas de governança desde o começo e evoluir com o crescimento da companhia.

Com IA, lawtechs e legaltechs ajudam as empresas a fechar acordos judiciais

Inteligência Artificial

Com IA, lawtechs e legaltechs ajudam as empresas a fechar acordos judi...

Usar inteligência artificial para analisar os processos dá visibilidade às ações enfrentadas e indica quando vale seguir para uma solução por meio de acordo.

Generative Tech, o novo Eldorado 

Inteligência Artificial

Generative Tech, o novo Eldorado 

A nova queridinha do Vale do Silício está varrendo os recursos dos Venture Capitalists e se desenvolvendo numa velocidade não prevista pelos analistas. Prepare-se para encarar uma tecnologia que nos levará muito além da IA generativa n...