s

INOVAÇÃO

A importância da inovação escalável

Para criar um “motor de crescimento” para os novos negócios, é preciso uma equipe dedicada que vai gerenciar a construção de vários negócios

A importância da inovação escalável, que permite criar novos negócios, cresceu mais de 70% com a pandemia. É de se esperar, portanto, que as empresas incumbentes busquem cada vez mais copiar alguns modelos das startups. Um levantamento aponta que 41 das 50 maiores empresas públicas do mundo possuem uma aceleradora, incubadora ou fundo venture capital – ou muitas vezes, os três. Também faz sentido que os investimentos de risco tenham tido participação em um quarto de toda a arrecadação de fundos em 2019.

Ainda assim, as histórias de sucesso são raras porque as empresas incumbentes não estão preparadas para absorver esse tipo de inovação rapidamente escalável, aponta o artigo “Escale ou fracasse: como os incumbentes podem industrializar a construção de novos negócios”, da McKinsey. Sua estrutura sedimentada as leva a proteger sua posição no mercado tradicional. Ao contrário das pequenas e médias startups, essas organizações contam com um grande número de colaboradores e uma rede complexa de stakeholders. E embora essas características apresentem vantagens competitivas para um caminho de crescimento incremental e gerenciamento de risco, é totalmente inadequada para criar empreendimentos capazes de se mover com muita agilidade e com alto crescimento.

Para criar um “motor de crescimento” (growth engine) é preciso uma equipe dedicada que vai gerenciar a construção de vários negócios. A vantagem? Com um time menor e dedicado, as ideias tendem a fluir melhor, serem ouvidas e implantadas. E a equipe é capaz de apoiar cada estágio de crescimento, acelerando a jornada.

Conteúdo exclusivo para membros da The Shift

Aproveite a promoção e assine

Os investidores também têm FOMO

Startups

Os investidores também têm FOMO

O medo de estar perdendo algo pode levar a investimentos precipitados ou à inflação do valuation de uma startup

Por Marina Hortélio
Ele alimenta a inovação da BRF

Entrevista

Ele alimenta a inovação da BRF

A missão de Sérgio Pinto, diretor de inovação da BRF, é estimular parcerias e mudanças que agilizem a geração de novos negócios e soluções competitivas, inclusive baseadas em proteínas alternativas

Por Cristina De Luca
VCs setoriais trazem especialização para o mercado brasileiro

Startups

VCs setoriais trazem especialização para o mercado brasileiro

Eles não só aportam smart money de peso para a startups, como ainda possuem conexões importantes para a jornada dos empreendedores

Por Marina Hortélio
Quatro estratégias para energia limpa e mitigação das mudanças climáticas

Inovação

Quatro estratégias para energia limpa e mitigação das mudanças cli...

Pesquisadores apontam alguns passos para tornar reais as metas de sustentabilidade

Por Morgan Bazilian e Dolf Gielen, The Conversation
Femtechs ultrapassam US$ 1 bilhão em captação pela primeira vez

Inovação

Femtechs ultrapassam US$ 1 bilhão em captação pela primeira vez

Elas brilham cada vez mais no mundo. Já, no Brasil, o ecossistema Femtechs ainda está sendo desenhado. Mas possui um grande potencial e também deve crescer rapidamente

Por Marina Hortélio
O impacto da Era Exponencial nos negócios

Inovação

O impacto da Era Exponencial nos negócios

O escritor Azeem Azhar explora as mudanças trazidas pela Era Exponencial e explica por que as empresas passarão a mediar nossas relações cada vez mais