s

ENTREVISTA

Empreender na América Latina: uma jornada de erros

O norte-americano Brian Requarth fundou a Viva Real no Brasil, investe em startups latinoamericanas e quer que empreendedores locais não cometam os mesmos erros que ele

Por João Ortega 26/02/2021

Brian Requarth é parte de uma geração de empreendedores estrangeiros que explorou o incipiente mercado latinoamericano de startups há mais de uma década. Criador da imobiliária digital Viva Real, que agora faz parte do Grupo Zap, o norte-americano confessa que vê os founders da região hoje em dia muito mais bem preparados para a jornada e os desafios que a ela são intrínsecos.

“Éramos uma rede bastante próxima, principalmente porque éramos outsiders - tanto no sentido de vir de outro país, quanto de estar começando algo novo”, conta Brian. “Naquela época, o que acontecia era majoritariamente a importação de ideias que funcionaram lá fora e poderiam dar certo no Brasil, por exemplo. O que estamos vendo agora é uma onda de empreendedores brasileiros que estão resolvendo problemas locais com soluções desenvolvidas dentro do país”.

Além de empreendedor, Brian atua hoje como investidor no fundo Latitud, em que é sócio, focado em financiar projetos inovadores na América Latina. Em 2021, ele lançou o livro Viva The Entrepreneur, que alcançou o primeiro lugar em vendas da Amazon. “Escrever um livro é igual a desenvolver um produto”, compara.

Conteúdo exclusivo para membros da The Shift

Aproveite a promoção e assine

Entrevista

"Inovação sem direção é carro desgovernado"

Para o Head de Transformação Digital da Suzano, Alexandre Cezilla, a transformação digital é um movimento cultural que precisa contaminar toda a companhia para que possa ser escalável e gerar mudanças

Por Silvia Bassi
“Psicólogo será a profissão do futuro”, prevê CEO da Vittude

Entrevista

“Psicólogo será a profissão do futuro”, prevê CEO da Vittude

Em 2020, a startup viu seus planos corporativos crescerem 800%, apesar de muitas organizações ainda não terem despertado para a importância da educação emocional, segundo Tatiana Pimenta

Por João Ortega
A reinvenção corporativa passa pela ausência de regras

Entrevista

A reinvenção corporativa passa pela ausência de regras

Erin Meyer, coautora do livro "A regra é não ter regras", sobre a cultura da Netflix, conta como ter empresas inovadoras, flexíveis, inclusivas e diversas, jogando fora o livro de regras. Você consegue?

Por Silvia Bassi