s
Créditos: (CHUTTERSNAP/Unsplash)
STARTUPS

Eletromobilidade: startups de recarga criam a infraestrutura do setor

Empresas de energia, petróleo e gás e estacionamentos já perceberam a evolução da eletromobilidade e têm fechado parcerias com as startups.

Os investimento da Vibra, antiga BR Distribuidora, e da Raízen, criada a partir de uma joint venture entre Cosan e Shell, nas startups de recarga de veículos elétricos Easy Volt e Tupinambá, respectivamente, enviam um sinal importante para o mercado: o setor de combustíveis e energia será disruptado pela eletrificação. São dois casos claros da máxima dos negócios de que é preciso se adaptar às inovações para não ser engolido pela transformação. Afinal, de que servem os postos de combustível em um país em que boa parte dos carros são elétricos? Nesse trajeto, que inclui o Brasil, as empresas buscam entrada no segmento de eletromobilidade.

A tendência já foi evidenciada pela McKinsey, que aponta que os players de petróleo e gás têm adotado um portfólio mais verde. Um exemplo é a expectativa da Shell de reduzir sua quantidade de refinarias de 13 para 6 para liberar orçamento para investir em negócios mais sustentáveis, como eletricidade e serviços. As empresas têm um papel na transição para o net-zero, inclusive como investidoras.

“Três grupos de setores - mobilidade, energia e construção - devem ser responsáveis por cerca de 75% do total gasto em ativos físicos no nosso cenário de Net Zero até 2050. Mobilidade seria responsável por cerca de 40% dos gastos, incluindo investimentos em veículos elétricos e infraestrutura de recarga”, calcula a McKinsey.

Este é um conteúdo exclusivo para assinantes.

Cadastre-se grátis e tenha acesso a 5 conteúdos por mês.

É assinante ou já tem senha? Faça login. Já recebe a newsletter? Ative seu acesso.

Aliança para eletrificar frotas de ônibus no Brasil, Chile, Colômbia e México

Inovação

Aliança para eletrificar frotas de ônibus no Brasil, Chile, Colômbi...

Iniciativa da C40 Cities e do ICCT pretende levantar US$ 1 bilhão em financiamento para atualizar o transporte público em cinco cidades

Por Redação The Shift
Como descarbonizar o transporte pesado

Inovação

Como descarbonizar o transporte pesado

O transporte de cargas pesadas constitui apenas 1% da frota, mas é responsável por 25% das emissões rodoviárias globais

Por Amina Hamidi e Enrique Meroño, World Economic Forum
COP dos Negócios: o que muda para as empresas

Tendências

COP dos Negócios: o que muda para as empresas

Após a Conferência do Clima em Glasgow, as empresas estão diante mudanças no uso de combustíveis fósseis, projetos em florestas, emissões de gases de efeito estufa

Eletrificação do transporte pode melhorar as cidades

Entrevista

Eletrificação do transporte pode melhorar as cidades

Coordenador do Núcleo de Mobilidade do Laboratório Arq.Futuro de Cidades do Insper, Sergio Avelleda acredita que existe um modelo melhor de transporte e de cidades

Por Soraia Yoshida