s
Crédito: (Unsplash/Andrey Metelev)
INOVAÇÃO

É realmente possível possuir algo no metaverso?

Um professor de direito alerta que possuir um NFT de um item digital pode não ser suficiente para garantir a posse desse bem.

Por João Marinotti, The Conversation 26/04/2022

Em 2021, uma firma de investimento comprou 2 mil acres de terreno por cerca de U$ 4 milhões. Normalmente, a compra não geraria manchetes, mas o terreno era virtual. O espaço existia apenas um uma plataforma de metaverso chamada The Sandbox. Ao comprar 792 NFTs no blockchain Ethereum, a firma passou a ser dona do equivalente a 1,2 mil quarteirões da cidade.

Mas a aquisição realmente deu a posse à firma? Na verdade, a questão de propriedade legal no metaverso não é tão simples. A narrativa predominante, mas problemática legalmente entre os entusiastas de cripto é que o NFT permite a verdadeira posse de itens digitais no meteverso por duas razões: descentralização e interoperabilidade.

Esses dois recursos tecnológicos levaram alguns a afirmar que os tokens fornecem uma prova indiscutível de propriedade, que pode ser usada em vários aplicativos, ambientes e jogos do metaverso. Por causa dessa descentralização, alguns também afirmam que a compra e venda de itens virtuais pode ser feita no próprio blockchain pelo preço que você quiser, sem a permissão de qualquer pessoa ou empresa.

Este é um conteúdo exclusivo para assinantes.

Cadastre-se grátis e tenha acesso a 5 conteúdos por mês.

É assinante ou já tem senha? Faça login. Já recebe a newsletter? Ative seu acesso.

Como o NFT pode dar certo?

Além dos Blocos

Como o NFT pode dar certo?

Em 2021, mais de U$44bi circularam nesse mercado, o que faz com que qualquer pessoa com senso de oportunidade abra os olhos para ele

Afinal, para que servem Web3, NFT e Metaverso?

The Shift 360°

Afinal, para que servem Web3, NFT e Metaverso?

"A Web3 é sobre propriedade", explica Sandy Carter, ex-IBM, ex-AWS, e atualmente SVP da Unstoppable Domains, uma empresa que registra domínios associados ao mundo do DeFI

Por Marina Hortélio
Empresas também podem lucrar com a onda NFT

Tendências

Empresas também podem lucrar com a onda NFT

Seja por intermédio de campanhas de marketing ou de criação de um novo negócio, há benefícios para aquelas que forem criativas e precavidas quanto aos meandros legais

Por Cristina De Luca