s
Crédito Canva
INTELIGÊNCIA ARTIFICIAL

ChatGPT tem um enorme problema de privacidade

Em todo o mundo se discute hoje se os Foundation Models, que estão no centro do atual boom de IA Generativa, estão em conformidade com as atuais legislações de proteção de dados

A Itália proibiu temporariamente o ChatGPT na semana passada, alegando que ele viola o GDPR. Os problemas alegadosA OpenAI não tem controles de idade para impedir que menores de 13 anos usem o sistema; ele pode fornecer informações imprecisas sobre pessoas; essas pessoas não foram informadas de que seus dados foram coletados; e, talvez o mais importante dos argumentos, “não há base legal” para a coleta de informações pessoais nas coleções de dados usadas para treiná-lo.

A OpenAI concordou imediatamente com a proibição, dizendo que trabalharia com os reguladores italianos para “educá-los” sobre como o software de IA da OpenAI é treinado e opera. “É claro que cedemos ao governo italiano e paramos de oferecer o ChatGPT na Itália (embora pensemos que estamos seguindo todas as leis de privacidade)”, twittou seu CEO, Sam Altman. A política de privacidade da OpenAI não menciona diretamente suas razões legais para usar informações pessoais em dados de treinamento, mas diz que se baseia em “legítimo interesse” quando “desenvolve” seus serviços.

Ato contínuo, o órgão regulador de proteção de dados do Reino Unido seguiu a proibição da Itália, com um aviso de que as empresas também poderiam entrar em conflito com leis específicas da Grã-Bretanha se não cuidarem da forma como desenvolveram e usaram IA Generativa. E emitiu um checklist para ajudá-las a garantir a conformidade. Agora, o Escritório da Comissão de Privacidade do Canadá anunciou uma investigação sobre a Open AI, em resposta a uma queixa de privacidade contra o ChatGPT.

Este é um conteúdo exclusivo para assinantes.

Cadastre-se grátis para ler agora
e acesse 5 conteúdos por mês.

É assinante ou já tem senha? Faça login. Já recebe a newsletter? Ative seu acesso.

A IA produtiva precisa ser confiável

Inteligência Artificial

A IA produtiva precisa ser confiável

Durante o evento SAS Innovate 2024, a fornecedora mostrou soluções para auxiliar clientes a aproveitar os benefícios da tecnologia com segurança.

AI Index 2024 impressiona

Inteligência Artificial

AI Index 2024 impressiona

Mostra um avanço significativo da IA, conduzido principalmente pela iniciativa privada. Mas a corrida tem seus efeitos colaterais. Faltam avaliações robustas e padronizadas para a IA Responsável. Além disso, a IA vence os humanos em al...

A desilusão da IA Generativa

Inteligência Artificial

A desilusão da IA Generativa

Muitos heavy users exigirão além do que a tecnologia pode entregar, e as próprias corporações, sem políticas de inovação nem dados estruturados, deixarão de aproveitar a promessa de eficiência

Por Yuri Gitahy *
Poderes e limitações dos robôs

Inteligência Artificial

Poderes e limitações dos robôs

Daniela Rus, roboticista e diretora do MIT CSAIL em parceria com Gregory Mone mostram como a robótica pode auxiliar a humanidade no futuro em um novo livro.

E a IA dominou a pista

Inteligência Artificial

E a IA dominou a pista

O relatório anual Enterprise Tech 30, que publica a lista das startups de tecnologia corporativa mais promissoras, na visão dos grandes VCs, mostra startups de IA ocupando espaços do SaaS.

Bolha de IA Generativa? Talvez não...

Inteligência Artificial

Bolha de IA Generativa? Talvez não...

"Momento desânimo" na comunidade de IA. A constatação de que os bilhões de dólares investidos não vão retornar tão rápido, faz nascer a ideia de uma bolha de IA Generativa. Mas...