s
Cassio Pantaleoni Presidente do SAS Brasil
ENTREVISTA

A Filosofia é disruptiva

É no topo coberto de neve do vulcão extinto do Monte Kilimanjaro, ponto mais alto da África, que o gaúcho Cássio Pantaleoni, presidente do SAS Brasil pretende estar

Por Silvia Bassi 31/01/2020

O Monte Kilimanjaro é o ponto mais alto da África, com 5.895 metros. E é no topo coberto de neve desse vulcão extinto que o gaúcho Cássio Pantaleoni, presidente do SAS Brasil pretende estar, no dia 8 de agosto, para celebrar seu 57o aniversário. No contexto da economia digital, o Kilimanjaro, diz ele, é um símbolo de que não existem limites, e sim desafios a serem transpostos pelas empresas.

Assim como o filósofo grego Sócrates, Cássio acredita que a forma de construir conhecimento é estimular a troca de ideias. Por isso defende que, em tempos de transformação digital e mudanças velozes que levam à ruptura, os CEOs que buscam a inovação gastem mais tempo perguntando e ouvindo seus colaboradores do que fazendo afirmações. E quanto mais gente melhor. "Pensar fora da caixa não é o CEO ter as ideias, é a gente ouvir todas as ideias possíveis, mesmo as que pareçam as mais absurdas, e analisar aquelas que são mais efetivas".

E aí, ideias como tirar a equipe de vendas da frente de um cliente com potencial de compra de 1 milhão de dólares e pedir a um squad liderado por um jovem de 26 anos para achar o melhor plano para garantir a venda, dão certo e deixam de parecer tão absurdas assim.

Este é um conteúdo exclusivo para assinantes.

Cadastre-se grátis e tenha acesso a 5 conteúdos por mês.

É assinante ou já tem senha? Faça login. Já recebe a newsletter? Ative seu acesso.

O fim do sistema de comando e controle

Entrevista

O fim do sistema de comando e controle

Dani Plesnik, diretora de Talent & Culture da Deloitte diz que não é "rocket science". Ela aposta na criação de um ambiente de trabalho emocionalmente seguro, menos hierárquico. Um espaço para conexão que viabilize o trabalho em rede...

Simple2u: como a MAG enfrenta a transformação dos seguros

Entrevista

Simple2u: como a MAG enfrenta a transformação dos seguros

Em entrevista exclusiva à THE SHIFT, Leonardo Lourenço, Head Geral da Simple2u, conta como a insurtech criada dentro do sandbox regulatório da Susep, repensa o segmento.

Entrevista

"Precisamos de resolvedores de problemas e não de especialistas em di...

"É impensável fazer comunicação de marca sem tecnologia." Mas isso exige pessoas curiosas, capazes de conectar os pontos, diz Karina Barcellos, CSO da agência de comunicação estratégica Another Company.

Entrevista

"O céu não é mais o limite"

O mexicano Eduardo Guizar quase não acreditou quando viu o rover Curiosity pousar em Marte. Parte da equipe da NASA que construiu o astromóvel para explorar a superfície do planeta, ele conta por que é importante mirar o espaço

Entrevista

"Tudo que fazemos em inovação é para a agenda de sustentabilidade"

Com o lançamento de um fundo de corporate venture capital de US$ 70 milhões, a Suzano sai em busca das Deep Techs para acelerar sua estratégia de "inovabilidade", explica Julio Ramundo.

Ensinando pessoas a prosperar em um mundo caótico

Entrevista

Ensinando pessoas a prosperar em um mundo caótico

Em um mundo diverso e "sem trilhos", diz o presidente da Saint Paul Escola de Negócios, José Cláudio Securato, é preciso saber tomar decisões genuínas em cenários imprevisíveis