s
Crédito: Pixabay
SEGURANÇA

LGPD entra em vigor. E a Autoridade de Proteção de Dados?

As organizações já deveriam estar pensando em dar um foco enorme para o cumprimento dos direitos dos cidadãos

Por Cristina De Luca 16/09/2020

Não é sopa de letrinhas. E se você não faz a mínima ideia do significado dessas siglas, melhor correr.  Na quarta-feira, 26/8, ao aprovar o PLV 34/2020, derivado da MP 959, o Senado decidiu não adiar mais  a vigência da Lei Geral de Proteção de Dados (LGPD). A lei entrará em vigor nos próximos 15 dias, a depender do tempo que a Presidência da República levará para sancionar o PLV 34. E ainda não se sabe ao certo se de forma retroativa ao dia 16 de agosto, data de vigência prevista em seu texto.

Muito criticado por ainda não ter estruturado a Autoridade Nacional de Proteção de Dados (ANPD), responsável pela regulamentação e fiscalização da lei, o governo federal publica hoje, no Diário Oficial da União, um decreto definindo a estrutura regimental e o quadro de cargos da ANPD, ainda sem a nomeação de seus integrantes.

A decisão do Senado foi muito comemorada por membros da sociedade civil, da academia e do próprio parlamento, que temiam por novos adiamentos da vigência da LGPD após a Câmara ter decidido adiá-la para dezembro deste ano. E foi criticada por advogados e entidades empresariais preocupados com a insegurança jurídica que a falta de uma ANPD atuante pode trazer para a aplicação da lei. Teme-se a excessiva judicialização da proteção de dados e a criação de uma jurisprudência que pressione a ANPD na hora de interpretar e regulamentar a lei.

Conteúdo exclusivo para membros da The Shift

Aproveite a promoção e assine

Dados são a nova areia, provoca Tim O'Reilly

Tendências

Dados são a nova areia, provoca Tim O'Reilly

Nossos dados individuais não são tão valiosos. Reconhecer isso pode orientar como pensamos sobre seu uso indevido

Brasil estagna no ranking de competitividade digital

Segurança

Brasil estagna no ranking de competitividade digital

O país se manteve na posição 51 no IMD World Digital Competitiveness Ranking 2021, que mede indicadores de conhecimento, tecnologia e prontidão futura.

Por Marina Hortélio
A gestão participativa de dados pede passagem

Tendências

A gestão participativa de dados pede passagem

O objetivo é auxiliar empresas, desenvolvedores e formuladores de políticas a entender melhor quais direitos consagrar e aumentar a confiança no compartilhamento e tratamento de dados

Por Cristina De Luca
Confiança e privacidade mudaram para sempre naquele 11 de setembro

Privacidade

Confiança e privacidade mudaram para sempre naquele 11 de setembro

Enquanto a TI passou a ter um papel primordial na chamada "Era do Capitalismo de Vigilância"

Por Cristina De Luca
Aviação após o 11 de setembro: novas regras e mais tecnologia

Segurança

Aviação após o 11 de setembro: novas regras e mais tecnologia

O atentado terrorista contra os EUA mudou a experiência de viajar, com a adoção de novos protocolos como scanners de passageiros e o reforço da identificação dos viajantes antes do embarque

Por Marina Hortélio
Empresas brasileiras estão mais conscientes sobre o uso responsável dos dados

Inteligência Artificial

Empresas brasileiras estão mais conscientes sobre o uso responsável...

Estudo da Logicalis aponta segurança de informação e adequação à LGPD como prioridades para mais da metade das empresas brasileiras nos próximos meses

Por Cristina De Luca