s
Grande parte do valor gerado por IoT vai ficar concentrada em aplicativos B2B Crédito: Pixabay
INTERNET DAS COISAS

A Internet das Coisas revisitada

O valor potencial global da IoT e de negócios que podem surgir até 2030 fica entre US$ 5,5 trilhões e US$ 12,6 trilhões

Por Silvia Bassi 11/11/2021

Um estudo lançado pela McKinsey esta semana, chamado "The Internet of Things: Catching up to an accelerating opportunity" retoma o tema da Internet das Coisas (IoT) seis anos depois da primeira análise da consultoria, que tinha o título de "The Internet of Things: Mapping the value beyond the hype". Entre o "hype" e a "oportunidade acelerada", a McKinsey chegou à conclusão de que tinha sido otimista no prognóstico de geração de valor. "O mercado cresceu consideravelmente, mas não tão rápido quanto esperávamos em 2015. A IoT enfrentou ventos contrários relacionados à gestão de mudanças, custos, talento e cibersegurança, especialmente nas empresas", descreve o relatório.

Mas onde estão agora, então, o valor da IoT e as oportunidades aceleradas? Depende do local de aplicação da tecnologia. O valor potencial global a ser desbloqueado até 2030 fica entre US$ 5,5 trilhões e US$ 12,6 trilhões, sendo que 1/4 dele (26%) está localizado na manufatura (leia-se Indústria 4.0) e outros 10% a 16% na área médica. O restante se distribui por sete outras categorias, que vão de varejo a automação doméstica, passando por cidades inteligentes e mobilidade (veja no gráfico abaixo).

Conteúdo exclusivo para membros da The Shift

Aproveite a promoção e assine

Até o fim do ano, as conexões IoT ultrapassarão as dos dispositivos não IoT

Internet das Coisas

Até o fim do ano, as conexões IoT ultrapassarão as dos dispositivos...

Dos 21,7 bilhões de dispositivos conectados ativos em todo o mundo, 11,7 bilhões (ou 54%) serão conexões de dispositivos IoT no final de 2020

Por Redação The Shift
Automação Inteligente, robôs e empresas: como ficam os negócios

Inteligência Artificial

Automação Inteligente, robôs e empresas: como ficam os negócios

A automação inteligente apareceu em praticamente todas as listas de tendências para 2021 e segue presente nas listas de 2022

E a IA começa a se tornar onipresente, de fato

Inteligência Artificial

E a IA começa a se tornar onipresente, de fato

Com TinyML, qualquer objeto, por menor que seja, se tornará inteligente. A tecnologia permite fazer mais com menos espaço e poder computacional

Por Cristina De Luca