s
INTELIGÊNCIA ARTIFICIAL

A Inteligiência Artificial é como um canal, e como a água

Modelos e dados não mais são suficientes para diferenciar um produto de IA do outro. O segredo da prosperidade está em desenhar produtos únicos, impossíveis de fazer sem IA

A Inteligência Artificial já foi comparada à revolução da Internet, à corrida do ouro e até à invenção da eletricidade. Agora, Peter Oppenheimer, estrategista da Goldman Sachs e autor de “Any Happy Returns: Structural Changes and Super Cycles in Markets”, traça um paralelo entre os investimentos atuais da IA e o boom dos canais do século XVIII. Tal como a IA, os canais também prometiam impulsionar a produtividade e proporcionar lucros recordes. Mas as empresas que mais se beneficiaram no longo prazo não foram aquelas que apostaram indiscriminadamente na construção da infraestrutura necessária e sim as que souberam usar essa infraestrutura para desenvolver novos produtos e serviços.

Ninguém sabe realmente quais empresas utilizarão melhor a IA no longo prazo. Mas o pessoal da NFX tem uma pista, partindo da semelhança da IA com a água, necessária e onipresente. E também do fato de a diferenciação tecnológica em IA ser cada vez menor.

A NFX compara a indústria de IA à indústria da água engarrafada. Toda garrafa de água contém, basicamente, água potável. Então como explicar as centenas de marcas, mundo afora, disputando um mercado estimado em US$ 336,21 bilhões em 2024, com perspectiva de atingir US$ 452,90 bilhões até 2029? A receita para transformar algo tão onipresente como a água em um mercado para lá de competitivo pode ser aplicada à IA? Vejamos…

Este é um conteúdo exclusivo para assinantes.

Cadastre-se grátis para ler agora
e acesse 5 conteúdos por mês.

É assinante ou já tem senha? Faça login. Já recebe a newsletter? Ative seu acesso.

E a IA dominou a pista

Inteligência Artificial

E a IA dominou a pista

O relatório anual Enterprise Tech 30, que publica a lista das startups de tecnologia corporativa mais promissoras, na visão dos grandes VCs do Silicon Valley, mostra que as startups de IA estão ocupando espaços do SaaS.

Bolha de IA Generativa? Talvez não...

Inteligência Artificial

Bolha de IA Generativa? Talvez não...

"Momento desânimo" na comunidade de IA. A constatação de que os bilhões de dólares investidos até agora não vão retornar tão rápido, faz nascer a ideia de uma bolha de IA Generativa.

Olá, head de GenAI!

Inteligência Artificial

Olá, head de GenAI!

Pensando na carreira? Tem cargo novo no mercado: Chefe Global de IA Generativa.

Da automação à autonomia

Inteligência Artificial

Da automação à autonomia

2024 será o ano dos Agentes de IA, que provarão ser mais do que apenas assistentes digitais. Serão catalisadores de transformações em todos os setores e na vida quotidiana.

Como fica a propriedade intelectual em tempos de IA Generativa?

Inteligência Artificial

Como fica a propriedade intelectual em tempos de IA Generativa?

E por que ela deve caminhar lado a lado com a proteção de dados pessoais?

Por Yasodara Cordova *
Tendências de IA a partir de 2024

Inteligência Artificial

Tendências de IA a partir de 2024

A corrida para 2028 já está acelerada. Empresas investem em tecnologias inovadoras, em fase inicial, para ganhar quando estiverem maduras. Aqui estão 29 tendências de IA que agitarão o circuito.