s
Ricardo Penzin Head of business develpment Brasil Hyperloop TT (foto Divulgação)
ENTREVISTA

A inovação a 1.200 km/hora

Ricardo Penzin, head of business develpment Brasil Hyperloop TT, um meio de transporte ultrarrápido, baseado em um documento publicado por Elon Musk em 2013. que poderia levar 6 minutos para percorrer o trecho Campinas-São Paulo

Por Silvia Bassi 26/07/2019

Seis minutos. É o tempo que uma pessoa levaria para percorrer os 96 quilômetros entre Campinas e São Paulo se estivesse dentro de uma capsula do Hyperloop, o modal de transporte terrestre que traz para o chão a velocidade dos grandes aviões comerciais. O mesmo trajeto, hoje, leva de 90 (com muito boa vontade) a 120 minutos.

O Hyperloop não é só um meio de transporte ultrarrápido, é uma revolução que começou a partir de um documento de 57 páginas publicado por Elon Musk (quem mais?!) em agosto de 2013, em oposição ao projeto de construção de "um dos mais lentos e mais caros" meios de transporte coletivo: um trem-bala ligando São Francisco a Los Angeles que poderia custar US$ 77 bilhões.

"Seria ótimo ter uma alternativa para voar ou dirigir, mas, obviamente, apenas se for realmente melhor do que voar ou dirigir", escreveu Musk. "Um quinto modal, depois de aviões, trens, carros e barcos" que pudesse transportar passageiros em terra, com velocidade supersônica, conectando cidades de alto tráfego, distantes em até 1.500 quilômetros. "Mais barato, mais seguro, mais conveniente, energeticamente sustentável, e imune a clima e a terremotos". Capaz de percorrer a distância de 610 km entre as duas cidades em 30 minutos.

Conteúdo exclusivo para membros da The Shift

Aproveite a promoção e assine

Um amigo do clima, acima de tudo

Entrevista

Um amigo do clima, acima de tudo

Impulsionar a transição para uma economia de baixo carbono, usando tecnologias desenvolvidas no Brasil, é o propósito que move Felipe Bittencourt à frente da B-Corp WayCarbon

A tecnologia que faz surdos e ouvintes se entenderem

Inteligência Artificial

A tecnologia que faz surdos e ouvintes se entenderem

Com o uso de Inteligência Artificial, a startup alagoana Hand Talk traduz português e inglês em línguas de sinais. O propósito é reduzir as barreiras de comunicação entre surdos e ouvintes, como conta o CEO Ronaldo Tenório

Por Marina Hortélio
A moda é uma ferramenta de expressão muito poderosa

Entrevista

A moda é uma ferramenta de expressão muito poderosa

Como Gerente Executivo do Instituto C&A, Gustavo Venancio Narciso é parte ativa da mudança que ele quer ver na maneira como a moda é produzida e por quem

Por Soraia Yoshida
Um alquimista de futuros no Imperial College

Entrevista

Um alquimista de futuros no Imperial College

Quando criança, o italiano Claudio Sanna lia ficção científica em uma pequena vila na Sardenha. Hoje ele trabalha como um alquimista, sintetizando futuros possíveis, no Imperial Tech Foresight

Por Silvia Bassi
Ele alimenta a inovação da BRF

Entrevista

Ele alimenta a inovação da BRF

A missão de Sérgio Pinto, diretor de inovação da BRF, é estimular parcerias e mudanças que agilizem a geração de novos negócios e soluções competitivas, inclusive baseadas em proteínas alternativas

Por Cristina De Luca
MedRoom: viagens pelo corpo humano com ajuda de VR

Entrevista

MedRoom: viagens pelo corpo humano com ajuda de VR

A startup usa Realidade Virtual para melhorar o aprendizado dos estudantes de saúde e quer usar sua tecnologia para viabilizar um ensino realmente híbrido, como conta o cofundador e CEO da MedRoom, Vinícius Gusmão

Por Marina Hortélio