s

INOVAÇÃO

A inovação aberta entre empresas e universidades

Para Bruno Rondani, CEO e fundador da 100 Open Startups, desenvolvimento da vacina contra a Covid-19 é um exemplo claro de open innovation

Por João Ortega 02/03/2021

Inovar é colaborar: este é o princípio básico da inovação aberta, prática que vem sendo adotada por grandes empresas especialmente na relação com startups. No entanto, open innovation, como também é conhecido o conceito, não está restrito ao vínculo entre estes dois agentes do ecossistema. Pelo contrário, as universidades são essenciais para uma agenda realmente inovadora.

A interação entre universidades públicas e empresas é subestimada no Brasil. Um estudo realizado por Carlos Henrique Brito Cruz, diretor da Fapesp, mostra que o número de artigos científicos realizados em coautoria por pesquisadores da academia e da indústria cresceu a uma taxa média de 14% ao ano entre 1980 e 2018, passando de pouco mais de uma dezena para mais de 1,5 mil ao final do período.

A interação com a academia é mais comum para grandes corporações, mas também acontece com empresas menores. Dados reunidos pela Folha mostram que, de 2015 a 2019, 170 estudos científicos, publicados em periódicos acadêmicos nacionais e estrangeiros, foram assinados simultaneamente por autores de universidades e de pequenas empresas. O montante, claro, é incomparável com a ciência das gigantes. A maioria das colaborações científicas entre universidades e empresas no Brasil é estabelecida com farmacêuticas estrangeiras como Pfizer, Johnson & Johnson, Merck e Roche —que renderam dez vezes mais artigos científicos no período (1.848). Entre companhias nacionais, o destaque é da Petrobras, que assinou 543 trabalhos.

Conteúdo exclusivo para membros da The Shift

Aproveite a promoção e assine

Desafios e oportunidades nas cidades mais empreendedoras do Brasil

Startups

Desafios e oportunidades nas cidades mais empreendedoras do Brasil

Segundo Índice das Cidades Empreendedoras de 2020, São Paulo, Florianópolis e Osasco são os melhores municípios para o crescimento de startups

Por João Ortega
Inovação Aberta pode fomentar polos regionais de inovação

Inovação

Inovação Aberta pode fomentar polos regionais de inovação

Açaí Valley, associação de startups do Pará, está colhendo frutos da conexão entre grandes empresas e empreendedores locais

Por João Ortega
Inovação no agronegócio: o que esperar das agtechs no Brasil

The Shift 360°

Inovação no agronegócio: o que esperar das agtechs no Brasil

O agronegócio representa um terço do PIB e com tecnologia e soluções trazidas pelas agtechs poderia representar ainda mais nas exportações

Por Marina Hortélio