s
Crédito: Shutterstock

INTELIGÊNCIA ARTIFICIAL

Princípios éticos da Inteligência Artificial

Os compromissos com a IA ética só têm valor se implementados. Compartilhar as melhores práticas se tornará cada vez mais importante

Por Redação The Shift 22/01/2020

Nos últimos anos, uma série de empresas, organizações e governos produziram ou endossaram documentos descrevendo os princípios éticos para a Inteligência Artificial.  Essa proliferação de abordagens éticas para a tecnologia inspirou uma equipe de pesquisa da Berkman Klein a compará-los e mapeá-los, no relatório “Principled Artificial Intelligence: Mapping Consensus in Ethical and Rights-based Approaches to Principles for AI”.

Esse esforço descobriu um consenso crescente em torno de oito tendências temáticas principais: privacidade, responsabilidade, segurança e proteção, transparência e explicabilidade, justiça e não discriminação, controle humano da tecnologia, responsabilidade profissional e promoção dos valores humanos. Muitos deles estão presentes em quase 100% dos documentos analisados. A visualização criada destaca também as palavras-chave referentes a cada um dos oito temas.

Conteúdo exclusivo para membros da The Shift

Experimente grátis por 30 dias

Regulamentar ou não a IA, eis a questão

Inteligência Artificial

Regulamentar ou não a IA, eis a questão

O CEO do Google e da Alphabet, Sundar Pichai, defende regulamentações no mundo da IA, ao destacar os perigos representados pela tecnologia

Por Redação The Shift