s
A escritora e consultora Rebecca Knill Crédito: Reprodução/YouTube

DIVERSIDADE

Quando a tecnologia é mais inclusiva que as pessoas

"O silêncio completo é muito viciante", diz a escritora Rebecca Knill, que tem implantes cocleares que lhe permitem ouvir. Saiba o que mais ela diz sobre o uso dessa tecnologia

Por Redação The Shift 25/04/2020

“O silêncio total é muito viciante”, diz Rebecca Knill, escritora que tem implantes cocleares que lhe permitem ouvir. Nesta palestra divertida e perspicaz, ela explora a evolução da tecnologia de escuta assistida, o modo antiquado de as pessoas ainda reagirem à surdez e como podemos mudar nosso entendimento cultural da capacidade de criar um mundo mais inclusivo. “A tecnologia chegou tão longe”, diz Knill. “Nossa mentalidade só precisa recuperar o atraso.”

Rebecca Knill sofria de perda progressiva de audição que a tornou praticamente surda. Funcionária do banco Wells Fargo desde 1988, no início ela dependia de intérpretes de linguagem de sinais para fazer videoconferências, mas após hesitar muito tempo, ela decidiu se submeter a uma cirurgia para reconstruir bionicamente seu sistema de audição através de implantes cocleares em 2003 e 2009. Atualmente, ela atua como gerente consultora de sistemas de negócios, já escreveu uma série de livros intitulada “Church Dramas” e impressionou com sua palestra no TED.

Receba nossa newsletter
A Internet dos Corpos já está entre nós

Inteligência Artificial

A Internet dos Corpos já está entre nós

Usar o corpo humano como uma plataforma de dados oferece enormes possibilidades, mas também novos riscos

Por Cristina De Luca
IA pode ajudar a resolver problemas de privacidade

Inteligência Artificial

IA pode ajudar a resolver problemas de privacidade

As técnicas para detectar ataques de hackers dependem de padrões. Esse é o tipo de coisa em que a IA se destaca: estudar informações para reconhecer padrões em novos dados

Por Zhiyuan Chen e Aryya Gangopadhyay, The Conversation
Alexa estará em todos os lugares (se depender da Amazon)

Inteligência Artificial

Alexa estará em todos os lugares (se depender da Amazon)

Alexa pode ser integrada a todos os apartamentos de um mesmo prédio, como uma ferramenta de gestão de propriedade e um atrativo para inquilinos

Por Redação The Shift