s
Crédito: Shutterstock

BIG DATA

Insights qualitativos e o Data-Driven Service Design

Embora muitas organizações estejam investindo em dados e recursos de design, apenas aquelas que integrarem essas disciplinas terão condições de desbloquear todos os benefícios esperados

Por Redação The Shift 12/02/2020

Quais tipos de dados e quais ferramentas de análise ajudarão os projetistas de serviços a decidir o que precisa ser criado? O design orientado a dados está crescendo em todo o mundo, mas a necessidade de insight qualitativo ainda domina o design do serviço. Existem métodos qualitativos de pesquisa que podem ser dimensionados para fornecer as informações necessárias à abordagem de design orientado a dados?

A etnografia foi a resposta encontrada pelo Laboratório de Políticas do Reino Unido. Geralmente envolve um número menor de pessoas e fornece insights muito mais profundos de uma maneira mais aberta e que não precisa antecipar linhas específicas de investigação.

E para ajudar as empresas a explorar os benefícios da análise de dados no contexto do design de serviços, foi desenvolvido na Finlândia um programa piloto de desenvolvimento chamado “Data Driven Business”, ou simplesmente DOB. O programa desenvolveu uma plataforma de inovação que consiste em processos, métodos e ferramentas para análise de dados e design de serviços.

Receba nossa newsletter

Os métodos de análise usados ​​no DOB ​​podem ser “descritivos”, “diagnósticos” ou “preditivos”. A análise descritiva é usada para entender os dados – o que aconteceu e o que pode ser visto diretamente dos dados usando análise estatística, por exemplo, distribuições com medianas ou percentuais. A análise diagnóstica é usada para entender por que algo aconteceu, por exemplo, ao entender as correlações entre os fenômenos. E a análise preditiva é aplicada para prever o que acontecerá no futuro. Todos esses insights são trazidos para o processo de design do serviço.

Cocriar é somar para multiplicar

Entrevista

Cocriar é somar para multiplicar

Erico Fileno, diretor executivo de Inovação da Visa, é o responsável por garantir que o Innovation Studio renda boas experiências para parceiros e, sobretudo, para os consumidores brasileiros

Por Cristina De Luca
Onde foi parar a experiência do cliente?

Customer Experience

Onde foi parar a experiência do cliente?

A tecnologia e o design estão transformando a experiência do consumidor - com impactos que podem ser sentidos em várias áreas do varejo, para o bem e para o mal

Por Redação The Shift
Design generativo e o futuro da manufatura

Inovação

Design generativo e o futuro da manufatura

A impressão 3D e os projetos generativos se integram perfeitamente a um processo de fabricação mais inovador, criativo, adaptável e sustentável, do início ao fim

Por Redação The Shift