s
Crédito: Miguel Á. Padriñán/Pexels

TENDÊNCIAS

Chat de voz e vídeo são o novo hit da pandemia

A necessidade da vivência e da troca de ideias com desconhecidos abriu espaço para salas virtuais em que é possível conversar, ouvir ou mesmo sentir que se é parte de uma festa

Por Redação The Shift 18/05/2020

A diferença entre interagir e socializar ficou bem clara nesse período de afastamento social compulsório. Presos em casa, muitos americanos começaram a sentir a necessidade da vivência em sociedade e da troca de ideias com desconhecidos sobre temas em comum. O que trouxe de volta as salas de chat, turbinadas agora por voz, imagem e eventos paralelos.

O serviço mais badalado nesse momento é o Clubhouse, uma espécie de rede social baseada em áudio onde as pessoas podem entrar espontaneamente em salas de bate-papo, para conversar ou apenas ouvir. Para ter uma conta é preciso ser convidado. O que fez o Twitter explodir este fim de semana de mensagens de pessoas implorando por um, se gabando de já estarem participando e até zombando da FOMO de todos. Para ter uma ideia do sucesso, o app acabou de conquistar Andreessen Horowitz, que avaliou a empresa em US $ 100 milhões, segundo a Forbes.

O Party Royale é ainda mais divertido. As festas no metaverso têm muita música, mas também muita diversão, com desafios onde a violência é proibida. Lançado em 8 de maio com uma festa no jogo com apresentações de Steve Aoki e Deadmau5, começa como qualquer sessão de Fortnite. E a Epic Games promete realizar eventos ao vivo regularmente. É tudo o que o Second Life poderia ter sido.

Receba grátis nossa newsletter

Outro hit da quarentena é o Houseparty, um app de chamadas de vídeo em grupo que vem fazendo sucesso entre os jovens, por ser simples e fácil de usar, e que viralizou também no Brasil. Em breve será possível assistir a vídeos ao vivo com amigos. No fim de semana, o serviço lançou sua primeira série de eventos experimentais, chamada In the House, que contou com mais de 40 celebridades dançando, conversando, cozinhando, cantando, treinando, etc, ao longo de três dias.

Sua empresa contrata inovadores ou bons trabalhadores?

Tendências

Sua empresa contrata inovadores ou bons trabalhadores?

O perfil dos profissionais mais inovadores é de pessoas curiosas, que aceitam riscos, mas que querem ultrapassar barreiras

Por Redação The Shift
Um holograma para chamar de seu

Inovação

Um holograma para chamar de seu

Uma startup norte-americana vai oferecer serviço para transformar fotos pessoais de usuários em hologramas bem realistas

Por Redação The Shift
Os setores que cresceram (e ainda estão crescendo) mais rápido

Tendências

Os setores que cresceram (e ainda estão crescendo) mais rápido

Segurança digital, fintechs, criptomoedas e insurtechs lideram as apostas para continuar bombando este ano

Por Redação The Shift
Empresas sociais podem mudar setores inteiros

Tendências

Empresas sociais podem mudar setores inteiros

Uma empresa social geralmente se concentra em uma causa social chave, como pobreza internacional, emprego para grupos desfavorecidos ou mudança climática

Por Redação The Shift
CES 2021: as tendências que vão ganhar força

Tendências

CES 2021: as tendências que vão ganhar força

Carros elétricos autônomos, robôs, IA, está tudo na lista, com sessões que vão trazer os figurões das indústrias

Por Redação The Shift
Estrada aberta para os carros elétricos

Tendências

Estrada aberta para os carros elétricos

A Noruega se tornou o primeiro país a vender mais carros elétricos do que movidos a gasolina em 2020

Por Redação The Shift