s
Crédito: Shutterstock

TENDÊNCIAS

Brasileiros confiam nos robôs para a execução de tarefas cotidianas

Resultados de duas pesquisas do Instituto dos Engenheiros Eletrônicos e Eletricistas (IEEE) revelam que robôs babás, enfermeiros e companheiros de trabalho serão bem-vindos

Por Redação The Shift 05/01/2021

Se depender de um seleto grupo de executivos brasileiros de tecnologia, em 2021 os robôs estarão à frente dos cuidados hospitalares. E não encontrariam resistência, já que muitos pais jovens (entre 24 e 39 anos) deixariam seus filhos sob os cuidados de um enfermeiro virtual equipado com inteligência artificial durante uma internação hospitalar.

Os dados são de duas pesquisas recentes realizadas pelo Instituto dos Engenheiros Eletrônicos e Eletricistas (IEEE), uma delas ouvindo CIOs e CTOs e, a outra, pais da geração Millennium. A com os profissionais de TI procurou levantar as principais tendências tecnológicas para 2021. A com os pais, sua confiança na tecnologia para garantir a Saúde e o bem-estar de seus filhos no mundo pós-Covid.

Entre os 50 CIOs e CTOs brasileiros, 86% trabalhariam lado a lado com um robô, sendo 38% a favor de robôs para a exploração científica e 16% dos para o uso de robôs em cuidados hospitalares. Além disso, 26% acreditam que o 5G será uma das principais tecnologias este ano.  Outros resultados do recorte brasileiro do estudo, que envolveu também mais 300 profissionais de TI nos EUA, Reino Unido, China e Índia, você confere no gráfico abaixo.

Receba grátis nossa newsletter

Infographic Modern
Infogram

Já entre os 400 pais brasileiros com pelo mesmo um filho de até 11 anos de idade, 51% deixariam seus filhos sozinhos em casa aos cuidados de uma babá-robô em tempo integral; 73% adotariam esse tipo de babá para ajudar seus filhos a fazer o dever de casa, aliviando o estresse relacionado à Covid-19; e metade deixaria seus filhos sob os cuidados de um enfermeiro virtual equipado com inteligência artifical durante uma internação no hospital.

Os índices não destoam muito dos de outros países participantes da pesquisa, embora fiquem abaixo, em sua maioria. Por exemplo, em âmbito global, 66% dos pais adotariam uma babá robô para cuidar de seus filhos enquanto trabalham remotamente de casa. Nos Estados Unidos, só 37%. No Reino Unido 54%, na Índia 76% e na China 80%.

A maioria dos pais (71% Brasil, 54% EUA, 68% Reino Unido, 81% China e Índia) concorda em ter uma babá robô para ajudar seus filhos a fazer o dever de casar, aliviando a estresse relacionado à pandemia.

Assim como no Brasil, em cada país foram realizadas 400 entrevistas entre 25 de setembro a 6 de outubro de 2020, totalizando 2 mil entrevistados.

Na média global, 54% desses 2 mil pais sentem-se extremamente ou muito confortáveis ​​em deixar seus filhos sob os cuidados de um enfermeiro virtual equipado com inteligência artificial durante uma hospitalização. Mais uma vez, o único índice abaixo do brasileiro foi o dos EUA (29%). No Reino Unido, 52% dos pais o fariam de bom grado. Na Índia 69% e na China 71%.

Globalmente, a maioria dos pais são extremamente (29%) ou muito (31%) propensos a permitir que robôs movidos por inteligência artificial conduzam cirurgias em seus filhos. E 64% estariam extremamente ou muito propensos a conversar com um chatbot baseado em inteligência artificial e reconhecimento de voz para diagnosticar seu filho doente.

A maioria dos 2 mil entrevistados (89%) tem pelo menos alguma confiança em robôs para limpar ou higienizar espaços públicos, como metrôs, estações de ônibus, aeroportos, cinemas, restaurantes e escolas. Deste universo, 44% têm total confiança. Além disso, 46% dos entrevistados concordam fortemente (e 82% concordam) que confiariam na tecnologia de sensor para indicar com precisão o fluxo de pessoas dentro e fora dos espaços públicos. Só 38% concordam fortemente que frequentariam cinemas usando esta tecnologia.

Como o origami inspira inovações em robótica

Robótica

Como o origami inspira inovações em robótica

Manipular padrões de dobradura em materiais flexíveis permite alterar a sua rigidez, e o potencial desta solução na prática é imenso

Por Hanqing Jiang e Zirui Zhai, no The Conversation
Futuro da cirurgia será virtual e está chegando ao Brasil

Inovação

Futuro da cirurgia será virtual e está chegando ao Brasil

Equipamentos de última geração e avanços em robótica e IA estão transformando salas de operação

Por João Ortega
Robótica para uma educação humanizada

Inovação

Robótica para uma educação humanizada

Primeira brasileira a figurar na lista dos dez mais do Global Teacher Prize, o Nobel da Educação, Débora Garofalo agora leva o projeto de robótica com sucata para a rede estadual de São Paulo

Por João Ortega