s
Crédito: Reprodução/Facebook

INTELIGÊNCIA ARTIFICIAL

ARM e NVIDIA mexem com todo o mercado de processadores

A Nvidia enxerga no negócio uma oportunidade de levar sua tecnologia de IA a muito mais clientes, em muito mais setores, como nuvem, carros autônomos e dispositivos móveis pessoais

Por Redação The Shift 16/09/2020

Dezoito meses. É o tempo que reguladores de diferentes países terão para aprovar e tentar colocar contrapesos no acordo entre o SoftBank e a Nvidia para a aquisição da britânica ARM. O anúncio da compra da ARM no último domingo foi saudado por Jensen Huang, fundador e CEO da Nvidia (nesse vídeo), como a combinação perfeita entre uma plataforma e um ecossistema, para criação de uma poderosa empresa de computação para a era da Inteligência Artificial.

A Nvidia enxerga no negócio uma oportunidade de levar sua tecnologia de IA a muito mais clientes, em muito mais setores. A ideia é expandir sua presença para mercados grandes de alto crescimento, como nuvem, dispositivos móveis pessoais, carros autônomos e tantos outros que são impulsionados pela Internet das Coisas e o 5G. Resta saber como o mercado reagirá a essa visão.

Inicialmente, alguns analistas criticaram o movimento. Estão receosos. Os mais críticos argumentam que uma fusão ARM/Nvidia não beneficiaria ninguém, além das próprias companhias. A ARM cria e licencia os designs de microprocessadores que equipam bilhões de smartphones, hoje. E, em breve, estarão também nos computadores da Apple. Os fabricantes desses processadores continuarão olhando para a companhia britânica como uma parceira neutra, se ela for controlada por um concorrente? Agora a Nvidia tem acesso antecipado aos designs ARM e a capacidade de influenciar mudanças no ISA ARM. E, mesmo com Huang garantindo aos acionistas que manterá o modelo de licenciamento aberto e a neutralidade do cliente que caracterizam a ARM, a dúvida permanece no ar.

Receba nossa newsletter

Outra coisa: sabe-se que uma série de grandes empresas de tecnologia – incluindo a Nvidia – têm trabalhado no RISC-V, um projeto desenvolvido para ser uma alternativa de código aberto ao ARM. Como a aquisição afetará essa iniciativa?  Ao menos Wall Street reagiu bem. Na segunda-feira, o valor de mercado da Nvidia aumentou em US$ 17,5 bilhões, quase cobrindo os US$ 21,5 bilhões em ações que a Nvidia dará à Softbank. Que, by the way, passa a ser a maior acionista da Nvidia, se o acordo for aprovado.

Desafios para um futuro com Chatbots

Inteligência Artificial

Desafios para um futuro com Chatbots

Softwares que usam IA para conversação serão cada vez mais presentes no atendimento ao consumidor no ambiente digital

Por Redação The Shift
Sua empresa gasta mais ou menos com IA?

Inteligência Artificial

Sua empresa gasta mais ou menos com IA?

Pesquisa aponta que entre as áreas de TI das grandes companhias, metade planeja gastar mais com Inteligência Artificial e Machine Learning como resultado da pandemia

Por Soraia Yoshida
Reconhecimento facial vai contra a privacidade e a individualidade

Inteligência Artificial

Reconhecimento facial vai contra a privacidade e a individualidade

Projeto interativo How Normal Am I discute os problemas de usar Inteligência Artificial para determinar padrões sociais com base na aparência

Por Redação The Shift
Futuro do trabalho: habilidades e empregos que estarão em alta

Inteligência Artificial

Futuro do trabalho: habilidades e empregos que estarão em alta

O relatório do WEF aponta que a pandemia acelerou os processos de adoção de novas tecnologias em várias frentes, o que deve levar ao fechamento de milhões de empregos

Por Soraia Yoshida
O aprendizado mútuo entre humano e máquina é essencial para a obtenção de valor com a Inteligência Artificial

Inteligência Artificial

O aprendizado mútuo entre humano e máquina é essencial para a obten...

Empresas que aprendem com a IA como mudar seus processos têm seis vezes mais chances de obter benefícios financeiros significativos, afirma estudo da Sloan Management Review e do BCG

Por Cristina De Luca
Machine Learning identifica em 5 minutos vírus da Covid-19

Inteligência Artificial

Machine Learning identifica em 5 minutos vírus da Covid-19

Pesquisadores da Universidade de Oxford estão levantando investimentos para transformar o teste rápido em um produto que pode ser usado em aeroportos e até shows

Por Redação The Shift